quarta-feira

A TATUAGEM


Ontem eu cheguei em casa super tarde e, apoveitando a moleza da Embratel, liguei pro meu american lover, Ryan Steven Yoho. Aí, após muita cunversinha e mais planos de casamento, eu perguntei da famosa tatuagem que ele fez na perna:
Um dia, depois da aula, a gente estava na sala da mãe dele conversando. Eu tinha um dicionário de japonês, e desenhei o nome dele, ou o que eu achei que fosse. Ele ficou muito feliz, escreveu bem grande em um papel higiênico e levou para casa. Uma semana depois, ele aparece com aquilo na perna, tatuado. Fiquei pasma! Imagine se eu tivesse escrito "banana"só prá impressionar? Ontem até brinquei e disse que tinha escrito "I'm a queer", mas não tive coragem de levar adiante. Ele ia ficar muito puto. Enfim, essa é a história do cara que acreditou no conceito meeesmo! Só me pergunto porque ele não vem logo prá cá, casar comigo...

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial