sexta-feira

Ódio, fúria, réiva e vontade de matar. Me mudaram de lugar no trabalho. Argh! Não que eu não tenha gostado do lugar novo, mas é que eu odeio mudanças... Já bastava meus pais estarem mudando de casa hoje, não precisava mais uma. Humpf!

E acabo de descobrir que, graças ao Mr. Grillo, meu jogo do Brasil será MUITO MAIS DIVERTIDO!
Que baladinha das "ceninhas" o quê? Nada de cabelinho britpop ou bandinhas de meninas gritantes, hoje eu vou no ZAIS! Prá quem não sabe, lá é uma casa de dança de salão, que tem aqueles velhinhos que dançam fox trot agarradinho. Vou usar meu vestido rodado com sandália de prata e arriscar até uma lambada se o clima for favorável. Aproveito e deixo meu convite para dona Juju Birinaite, que mora perto e adora uns velhinhos.
Ai, alguém me dá dinheiro prá ir correndo casar com esse cara?

Fangshooey666: hey hon I am in a hurry so I don't have time to talk I am sorry love
BiBonduki1: ok
Fangshooey666: I still love you though
BiBonduki1: haha! You're sweet! Love you too
Tchup-tchuru waaah, shoo-bi-du-bi...

Acordei com vontade de escutar Johnny Rivers e fazer o backing bem alto. Não... não é brega... não olha com essa cara. É legalzinho, é coisa de avó, e como eu estou virando uma véia resmungona (e isso anda me assuntando, oh gawd!) eu fico ouvindo como se fosse eu que dançava essas músicas no baile de Tatuí. I remember when I told you I would try in any way...

Ah, hoje de manhã tinha um recado lindo na minha secretária!
Coisa da Macaca Macadâmia: "Oi, grubes, oh yeah... gruuubes, oh ye-eah!" Que linda! Já vi que o fim de semana vai ter menos chances de ser legal sem ela. Espero que role o show do Lava com alguém. (habilitem-se por favor!)
E se alguém souber de "baladinha jogo do Brasil", por favor, convites! Not that I care that much, é mais pela pinga mesmo.
Você já se sentiu com duas laranjas enfiadas no sovaco? Graças ao meu treinador eu estou assim hoje. "Tá muito fácil, vamos colocar mais exercícios nessa série". Isso depois de eu ter arriscado uma corridinha na esteira, que durou três minutos até eu começar a arfar como uma porca.

Ontem eu acabei indo no ensaio dos Hot Doggers. Acabo com meu preconceito aqui: eles são criativos, tocam bem e as letras são engraçadas. Bom.

Ah, dona Helô, você agora É SIM minha fonte inspiradora. Parabéns!

Hum... ok, chega.

quinta-feira

Parei de enrolar e, hoje, irei assistir a um grande ensaio dos ultra-nada-famosos Hot Doggers. Só quero ver por quanto tempo aguentarei aqueles meninos indóceis berrando na minha orelha. Entendam que eu estou feliz, porém de TPM, o que reduz a minha tolerância ao meio. E a idéia de dormir às nove está me agradando bastante. Hummm.... Não, eu vou. E meu plano para amanhã é fazer meia hora de esteira. Rata de academia é teu cu, antes que eu me esqueça.
Esqueci...
Podia bem ter uma performance do Léo Jaime cantando Sônia!

"Sônia, não fica me excitando que eu tô de sunga..."
Cheguei ao fundo do poço, ao cu da cobra, e admito. É, amigos, estou ouvindo o Canal Furacão 2000 na rádio UOL. Pedras, eu quero pedras! Eu mereço.
"vai, gramurosa, cruza os braço no ombrinho...."

Alinhais, um dia eu e o Djoh criamos o "Show do Fundo do Poço", apresentado pela Débora "What's Her Name Again?", aquela que era sem-terra e virou com-loft-no-Jardins. Aí ela ia entrevistar a Narjara Turetta, ia ter um show do The Cobras Dance, uma reportagem com a mãe lôra do Funk, e com todo mundo que representa o cu da cobra no Brasil. Ah, e com certeza a Neusinha Brizola ia ter um quadro só dela!
Valeu a pena cada lágrima que eu chorei. Meu pai acabou de me ligar e, numa puta atitude nobre, me pediu desculpas.
"Filha, tá tudo bem? EU TE AMO, tá? Não me leva a mal quando eu falo por impulso... Desculpa!"
...
tá desculpado, paizinho. Eu também te amo, gordo!
Começou...
Depois da Tati Quebra-Barraco, eu lanço o Inverno Quebra-Mamilo. O frio é proporcional ao tanto de roupas que eu visto. Imaginem a cena: Beatriz veste três blusas sobrepostas, sai de casa e diz "Rá! Agora você não me pega, frio maldito!". Pega sim, e Beatriz vai congelando até o ponto de ônibus. Amanhã eu venho de esquimó, quero ver se esse vento me pega...

Não vou praguejar hoje, consegui ir prá cama às 22h e acordar às 7h. Sou feliz e não tenho mais olheiras.

quarta-feira

A perseverança de Heloise Gildemeister...
Quem tudo quer, tudo consegue. A gente fica aqui na torcida, esperando notícias do jantar de amanhã.
Helô, você é agora meu modelo de vida!
... hum, em partes, vai...
Marcuixlogishmosh

Esse post vai em homenagem ao meu grande amigo Marcuix, pela criação de tantas expressões engraçadas.
O que é um Marcuixlogismo?
É o uso de expressões que envolvem animação de objetos e conceitos, barulhos de fundo e associações. Seu criador é Marcos Flávio Oliveira, vulgo Marcuix. É dele a maioria das expressões que colorem nosso dia-a-dia, como:
"Sou uma palmeira ao sabor do vento"
"Aquela sandália indica se o cara é ativo ou passivo"
"Agora que segurei a vela, limpe a cera do meu pé"
"Quando elas se beijaram, um pandeiro tocou de fundo"
"Assim que ele revelou o segredo, um velho com um cajado disse: - Eu já sabia"
... entre outras tantas frases figuradas.

Aderir ao Marcuixlogismo é expandir seu vocabulário e enxergar as situações com um olhar figurativo. Uma prática que desenvolve o raciocínio lógico e aumenta a criatividade. Ligue já para Marcuix e adquira sua apostila ilustrada.
Em breve, o "Grande Concurso de Marcuixlogismos". Inscreva-se!
ÊÊÊ Lê-Lê-Ô...

Dessa vez eu assisti o jogo. Deixei a rabugentice de lado e fui no Samarão, assistir junto às pessoas da minha classe social: webdesigners, redatores, mecânicos e motoboys. Medo. Muito medo. Só tinha ex-presidiário naquele lugar, e eu com meu narigão gritando "Vermelho! Vermelho!". Não sei como não saí empalada por um rojão. Anyway... vou me preparando pro domingo.

terça-feira

Uma notinha antes de me jogar no congestionamento:
Meu estrombo tá perfeito! Segundo meu médico, se melhorar estraga, e não é bom eu brincar com isso. Sem feridas ou bactérias, as azias são resultado da minha alimentação porca adicionado ao meu constante nervosismo. Ponto. De exclamação!
O meu mau-humor tem salvação: fangshooey

Frases como "she's only temporary" deixam meu dia mais colorido!
Combinações explosivas:

decote+mecânico folgado+mau-humor=
"se você quer tanto chupar alguém, chupa o teu pai e dá folga prá tua irmã!"

nerds+mesa de pebolim=
Alguns computadores voando

ônibus cheio+pisão no pé=
Viagem gratuita

Sim, cuidado, muito cuidado. Hoje eu não tô fácil!
Só bolo gelado de brigadeiro salva!!!
Foi uma piscadela, e a bigorna que estava na minha cabeça caiu. Agora é PGE!
Obrigada, menina piscante!
Nem sei por onde começar... Talvez pelo tamanho das minhas olheiras, que podem ser confundidas com as saboneteiras do meu colo.
It's all about the money. Uma vez que você sai de casa, aos 16 anos, você só vai se dar totalmente bem com seus pais se você for rico. Caso contrário, como é o meu caso, o dinheiro vai atrapalhar TODAS as suas relações. Desde conselhos de vida (então, você tem que pagar as contas em dia) até conselhos sentimentais (vê se arruma um rico dessa vez). Um inferno. Pare de gastar. Se já não tem vida, viva menos. Fique em casa lendo um livro na janela, e à noite, durma, assim não gasta luz. Não conte sobre os lugares diferentes que você conheceu, ninguém vai te ouvir sem antes falar "Era caro?". Desista, aqui só vão querer saber quanto tempo você ficou no trabalho e quantos fios de cabelo branco você ganhou. E se seu salário ainda dá para pagar a empregada.
Enfim. Aí você reclama que não tem muito diálogo, e que gostaria de passar mais tempo com seu pai, tempo útil, prá fazer as coisas que vocês gostam, já que estão sempre rodeados de gente. Como os jantares que faziam às quartas. E ele alega que vocês tiveram um congestionamento inteiro para falar da vida. Não responda, e engula esse choro. Você vai dormir sozinha e não vai ter prá quem chorar. Ele tem a família. Você é a culpada por ter saído de casa cedo, e por ter mais afinidade com sua mãe (o que não ajuda muito, já que ela desconta seus traumas em você), em por ter um carinho enorme por sua irmã, e por se sentir reprimida para contar detalhes muito pessoais de sua vida, mas ao mesmo tempo necessitar de um conselho. É tudo culpa sua, maldita. Pode fazer o drama que quiser, vai ser pior prá você. Vão te ajudar com dinheiro de mentirinha, porque você nunca vai ver a cor dele. E talvez tenha que viver um pouco menos prá poder pagar a conta de telefone que você gastou só prá ouvir tudo isso.
Durma, e tente não afogar nas lágrimas, nem cortar os pulsos. Seus amigos não vão querer ouvir mesmo. Chore alto prá cuspir o monstro dentro da sua faringe. E no outro dia, uma base no rosto disfarça qualquer tristeza.
Eu não sou loser... Eu só gosto de me sentir assim às vezes

segunda-feira

A palavra do dia é: Pretty Pennis Polaroid Contest
Quero todo mundo participando!
Crédula e utópica.
Tomou no cu.
The Hunter Gets Captured By The Game
Massive Attack feat. Tracy Thorn
Do grande caralho

Everyday brings change,and the world puts on a new face
Sudden things rearrange, and this whole world seems like a new place
Secretly I've been tailing you
Like a fox that prays on a rabbitt
Had to get you and so I knew
I had to learn your ways and habits
Ooooooh, you were the catch that I was after
I looked up and i was in your arms and I knew that I was captured

What's this whole world coming to
Things just ain't the same
Any time the hunter gets captured by the game

I had to lay such a tender trap
Hoping you might fall into it
Love hit me with a sudden slap
One kiss and then I knew it
Ooooooh, my plans didn't work out like i thought
'Cause I had laid my trap for you but it seems that I got caught

What's this whole world comin to
Things just ain't the same
Any time the hunter gets captured by the game

Ah yeah, yeah yeah, hey yeah
Vai que não é mais tua dona Milene!!!


Awww, you look so cute, babe!

Pffff... me poupe, Ronaldinho!
My way or the highway.
Vai ser assim essa semana.
O mundo está voltando ao que era, ou assim parece. Mas não vai durar muito.
Uma vez Flamengo, sempre Flamengo!
Minha família é estranha. Qual não é? Mas eu garanto que a minha é mais. Assim, eu gosto de todos, alguns mais, alguns suficiente prá poder ficar anos sem ver que não me faz falta. Enfim, no sábado eu cheguei à conclusão de que não conheço minha família. Aconteceu um almoço na casa do meu tio, para finalizar a maratona "Tias-Bonduki". Até aí tudo normal, churrascão, cerveja e "deixa-eu-fingir-que-adoro-todos-vocês". Blah.
Até que alguém teve a melhor idéia de todos os tempos de nossa dinastia: botar um CD de dabke. A partir daí, comece a imaginar um capítulo do Clone, só que com pessoas de ascendência árabe autêntica, e propriamente vestidas. De um lado da sala, a geração mais velha dava as mãos num passo que ia de um lado para o outro (quem viu LavourArcaica vai visualizar melhor). Uma roda batia palma para as moças mais novas, que requebravam numa semi-dança do ventre. O mais velho, meu tio-avô, dançava equilibrando uma bengala na cabeça. Uma tia meio saranga dançava com a cortina. Os outsiders (minha mãe e meu tio Gé) riam de tudo e ameaçavam dançar se começasse uma tarantella. Eu acabei entrando no meio e dançando com meu pai, e pasmem, sendo aplaudidíssima pelo meu rebolado japonês-no-samba. E todos davam aquele gritinho de chamar coiote, saca? (liu-liu-liu-liu-liiiiiiuuuuuu). Um puta samba-árabe prá brasileiro ver. Foi lindo. Meus avós deviam estar vivos. Quero mais festas assim!

É, Jorge, aquele dia que você imaginou minha família vindo de Floripa no carro do Clone, você estava prevendo uma revolução entre os Estefano-Bonduki!

sexta-feira

Eu ia fazer um "último post antes do fim de semana", mas aí os caras colocaram "Currucucu Paloma" bem alto aqui, então eu perdi o ânimo.
E meu pai acaba de informar que dona Onça e Tobinha ficaram em Floripa porque esqueceram os documentos para embarcar. E depois eu que sou a avoada da casa.
Aqui tá tranqüilo hoje. Tenho uma caixa de batatinhas fritas e um copo de guaraná do meu lado, left overs do meu almoço saudável. Quero ir prá casa agora, dormir um pouco, arrumar a bagunça da sala e pensar um pouco nas coisas que eu ando ouvindo. Coisas bonitinhas, porque round and round we go, get nowhere, mas ás vezes melhora. E é bom, porque aí eu fico pensando na parte boa.
Não, não era prá entender esse post. Ele é desconexo por si só, mas me deixa sorrir, ok?
Calem a boca. Eu não quero saber quem ganhou. Eu quero meu pai e minha irmã chegando já já!
Obrigada, querida. Já esgotei minha cota de bom e velho roquenrou por hoje, iiirrc!!! E ainda tem o bom e velho punk, o bom e velho blues... Dizem que em Valinhos a moda é falar o bom e velho funk pancadão!
Eu não sei como, mas quando eu acordei notei que não tinha tomado banho nem escovado os dentes. Dormi torta a noite inteira, ou pelo menos o que restou dela, e Maria Bethânia corria de um lado pro outro na sala. A casa está um nojo, eu estou um trapo, e tudo começou com uma cervejinha no Empanadas. Ok, foi bom.
Agora me dá licença que eu vou mandar um e-mail para a Clarah oferecendo abrigo em troca de Dualid.

quinta-feira

Bosta, bosta e mais bosta! Acabei de dar um suspiro e dar um olhar de complacência, que nem o Jesus Cristo na parede da casa da minha avó. Minha promessa está prestes a ir por água a baixo, mas eu não posso me abalar por um momentinho sweet. Vai mudar logo logo, vai ficar um saco de novo, eu sei, mas eu não posso cair em contradição. Já passei muitas vezes por isso, não vou passar de novo. Cadê minha autenticidade? Cadê minha auto-estima, aquela que o Viktor vive mandando eu trabalhar? Tá enfiada b'tiza essas horas, porque eu tô aqui, coração batendo rápido, lendo as letras garrafais over and over, me sentindo um coração gelado, que não entende o jeito de gostar dos outros. Entendo sim, e o dele não me agrada. Ele não gosta e pronto. Foda-se, continuo "desistida".
Já sei qual será meu programa depois do trabalho durante as férias: cerveja preta no Samarão. Maraviiiilha Flávio Conceição!!!
E em breve mostrarei o CD Duets que a gente lançou aqui na empresa.
Amanhã o dia será de alegria, ÔE! A caravana do Mário Cantição vai baixar por aqui, com Tonhão, dona Onça e Craudião Borracheiro! Ai, adooooro minha família aqui!
Juju, a gente podia fundar o "Clube do Útero Feliz", né? Nossas pêras emborcadas só nos dão problemas, afetando humor, fertilidade e tesão. Hoje eu descobri que tenho uma mancha "vitalícia" no meu, que parece estar lá desde que eu nasci. É câncer? Não sei. É normal? Também não sei. Pelo menos eu escapei de mais uma cauterização...
Meninas do útero fodido, uni-vos!
Desisti. Depois de me assustar com minha bravura heróica e paciência de santa, desisti. Não podia esperar mais nada de algo comprovadamente sem resultados. Foi um ano e pouco na batalha, os últimos dois meses em fogo cruzado, e nada adiantou. Ergo minha bandeira e saio chutando latinha. Saco. Eu queria, e muito, é claro que eu queria, sonhava com isso todas as noites, mas não deu. Tive que admitir que eu não sei lidar com gente estranha, mal sei lidar comigo mesma. Era legal ajudar, conversar, mas eu confesso que tinha todo um interesse por trás disso. Convenhamos que eu não ia ficar aconselhando uma pessoa que vive de cara feia pelo prazer de exercitar meu lado psicóloga, né?! Ah, mas era legal vê-lo aliviado, pena que parava por aí. Eu queria um suspiro e um "Caralho, você é a mulher da minha vida! Vem cá!". Utopia... No mundo perfeito as pessoas sempre retribuem assim. No meu, não. Então eu cansei. Estou aberta a novos desafios, menos complicados, por favor. E, se um dia ele decidir por algum lado, que seja o meu. Ou, caralho, sai logo desse armário, que pelo menos aí a gente teria muuuita balada prá fazer!!!

quarta-feira

Deixa eu só anotar uma coisa aqui? Ok
Eu odeio a expressão "bom e velho rock and roll".
Odeio.
Ícone da Noinha
Breve em um adesivo da dupla mais noinha do ICQ.
Mais um fansign lindo, by the girl that lives happy ever after!

*errata*
Apfelsine vem do alemão!!


Eu ia botar uma música para puxar aqui, mas como não tem mais Audiogalaxy, fica aí a dica para uma puxada posterior, em qualquer outro programa que apareça:
Sex - The Butchies
De todas as Riot Grrrls, é até uma banda meio Sleater Kinney, mais voz que grito.
Mesha B'Tiza
Eu não ganhei ouro, mas descobri que, em matéria de tia, nem tudo está perdido. Elas são ótimas! Ao contrário do meu gido, elas falam muita besteira, muito palavrão, e têm um senso de humor maravilhoso! Valeu a pena. Só não tinha esfiha...
Eu vou prometer uma coisa: EU NUNCA MAIS VOU NA ACADEMIA DEPOIS DAS 18H!!!!
Não vou, não vou e não vou! Porque eu o-de-i-o marombeiros! Devia ter uma placa na porta: "Das 7 às 9, a musculação é somente para idosos, obesos e descontentes. A partir das 10, a academia passa a atender maníacos".
Aparelhos congestionados, bufadas e gritos de força, barriguinhas de fora e apolos admirando seu próprio torso. Eu não nasci prá isso. Prá parar com o meu AGASALHO esperando um nojentinho terminar sua meia hora de pulley costas (maldito Franco narigudo! Sim, meninas, aquele ex-ESsePeMenho não me deixou terminar a parte de braço). São tantos estereótipos que dá até medo. Eu quero paz, fazer minha esteirinha e ficar com falta de ar, porque eu estou fora de forma e admito!!! Argh! Só Rodrigo-negão salva!

terça-feira

Beatriz e seu nepotismo... aí eu reclamo deles só colocarem parentes no trabalho! E eu? Coloco amigos. Agora é a vez dele, que me fez falar a tarde inteira na língua do LHES. Tem este aqui encaminhado, e mais uns CVs na fila. Meninos, vocês me pagam! Um jantar de preferência!
Senhor, permita que eu não enlouqueça essa semana. Eu como todo o jiló do meu prato se o Senhor fizer isso.
Amém.
A palavra de hoje é: Mafiosa. Quem me vir, verá!

*errata*
a palavra é "manequim de alfaiate"
Menos um motivo prá eu trabalhar... Se o ICQ morrer, eu peço demissão!

E tudo o que eu mais queria agora era uma cápsula de ranitidina, meu estômago desinchado e minha satisfação garantida.
Eu nunca pensei que pudesse, aliás, achava a coisa mais "secretária-gorda-encalhada" participar de coisas assim, mas aconteceu: eu estou recebendo o informativo "Rodízio de Lingüiças Nobres", que as meninas do trabalho mandam. A estrela de hoje é o Fernando do Big Brother. Afe!
Eu quero ôro!!!

Hoje vou jantar com minhas tias chegadas da Síria, Souad e Rajat. São as irmãs mais novas do meu avô. Eu não as conheço e estou curiosíssima prá saber se eu tenho algo a ver com elas, se elas são como meu gido, e se eu vou ganhar muito "ôro". (Sim, porque na Síria o ouro é vendido a preço de banana, e é 24 quilates, não só 18)
Então tá, muito kibe, esfiha e arab-english.
"Itis a blésure tu meet you!"

segunda-feira

Reunião da empresa e eu fico aqui pensando por que buraco eu vou tomar mais gostoso... Desculpa o linguajar, mas eu nunca me senti tão pequena e inútil como hoje.
Planejamento: graaaande. Conteúdo: quem são vocês mesmo?
Eu já fui um bebê lindo, e minha mãe já foi modelo...


Avante Brasil!

- Ô dona Bia! A senhora não vai ver o jogo do Brasil, não?
- Não, seu João, vou trabalhar...
- Mah as imprêsa vão começá a trabalhá tudo mah tarde! Fica aí, boba!
- Não, não, seu João, tenho que adiantar umas coisas...

E eu uso da desculpa workaholic para não assistir o jogo... E aproveito e dou aquela puxada de saco no chefinho.

domingo

I must...
Na sexta teve o show do Lava, Go Hopey e Hats no Orbital. Fui com a Dida e a Ma. A tal "ceninha"do cabelo preto despenteado é deveras interessante... tava bom de se olhar. Dois dos meus quatro sonhos de consumo estavam lá, o que só animou um pouco a noite, porque eu tive oportunidade de ir lá falar e não quis. Blé, preferi ficar falando merda e tomando uma overdose de coca-cola. Sei lá, um tava no canto, sozinho, e eu não sou madre Paulina prá dar atenção prá loser. O outro até olhou, mas eu desconfio que tivesse sido pelo 'volume' que as merdas estavam soando... Na boa, caminhoneirismo era pouco prá nós três.
E foi bom. Preciso fazer mais baladas assim.
Ahhh... Tô aqui fazendo trabalho do mamilo preto... Na verdade eu tô enrolando porque é muito mais divertido enrolar. Amanhã eu faço, acho.
Bom, vim prá cá, não fiz nada de útil, mas estou feliz porque acabo de completar 12 horas de sono seguido. Isso é o melhor de Tatuí, ninguém me enche o saco. E quem disse que ontem eu consegui fazer tudo direito? Perdi a hora, quebrei um ovo no chão da cozinha, o metrô travou, cheguei a tempo de pegar uma infeliz comprando a última passagem das 14h, esperei uma hora no chão da rodoviária e vim ao lado de um gordo que mal cabia em sua poltrona e veio me dando cotoveladas no rim. Mas cheguei viva e feliz.
E seu Mário Donati tem mais uma frase:
- Sua tia quando casou teve que dançar batatinha prá criar 4 filhos!

sexta-feira

I can't stop looking. Eta template lindo!
Então é isso, vou ali me divertir e volto segunda, fechado?
Té mais!
De volta aos shows, hoje o Lava se apresenta no Orbital e EU VOU. Já separei minhas escorts Dida e Nina, e faremos um programa 'mulherzinhas'. Amanhã cedo me refugiarei na casa de tia Isolina, e almoçarei com os Nonnos e dormirei.... dormirei até o dia seguinte. Isso sem me esquecer do trabalho da Mamilo Preto.
Amanhã eu conto se me diverti.
Enquanto isso, brinquem de explodir pessoas:
Trac-bum!
Clap clap clap clap....
O Davis merece aplausos, homenagens, abraços, placas e medalhas. Esse template ficou do caralho! Mandem mensagens expressando sua opinião ali pro nosso Ombundsman (ali, embaixo do Counter). E ofereçam trabalho para o cara, comprem seus quadros, DVDs, etc. Ele merece!
Vocês podem me tocar: acabo de entrevistar o Júnior Negão! .... quem é ele? Ah, é um jogador de beach soccer. Grandes coisas....
- Quando eu vou poder parar de falar "ah, mas falta pouco..."? Espero que logo. Er... eu venho dizendo isso há pelo menos uns 2 meses.

- Já sei qual vai ser o nome do nosso livro: Atitude Zero. Cai como uma luva!

- Sou uma pessoa digna de chistes jocosos: ontem eu peguei no sono com minha própria conversa.

quinta-feira

memoráveis secretárias eletrônicas:

"Não diga alô! Diga "Eu odeio a Khadija"!"

"Au-au, miau, muuuu. Viu como é fácil? Agora é a sua vez!"

"(música do Balão Mágico) o Balão não pôde atender, então deixe seu recado!"

"Senhores passageiros, desculpe atrapalhar a viagem de vocês. Estou aqui para vender essas deliciosas balas, já que não tenho emprego e meu pai saiu de casa. Quem puder contribuir, por favor deixe um recado."

"Você ligou no número certo, mas na hora errada. Por favor, deixe seu recado, que eu farei o mesmo."

Eu ainda vou escrever um livro chamado "Nossas investidas sem sucesso - uma história triste". É tipo um high-school sweetheart que ainda não deu certo, e não tem mais tempo prá dar, porque é mais legal ficar "fofinho" um com o outro. Pequenos prazeres da vida.

Podia ter sido qualquer dia, mas foi ontem, que tinha um contexto que acabou importando. Um pouco, mas importou. Ganhei presentes inesperados de pessoas que podem me levar do "beirando o descontrole da raiva" ao "awwwwnnn, you're so cute!" em alguns segundos. Resolvi dizer a um deles que estava muito incomodada. Falei mesmo, 'quem sou eu para dizer alguma coisa?', mas eu falei antes que eu partisse para a ignorância. Meu argumento foi acatado. "Eu só não quero que pareça pessoal toda essa teimosia". "Você é noiada". "Sou, mas você provoca, e eu não quero brigar". Pronto, entendido, "desculpa, eu não faço isso por mal. Não, você não é escandalosa nem perdeu a feminilidade". Ok, abro meu sorriso largo e aliviado. E ele continua: "Olha, eu tenho uma coisa prá você". "Manda". "´Tó". "....... SÉRIO?! Awwwwwn!!!"
Pois é... já engoli os brincos ontem, e hoje ganhei um enjôo no ônibus. Leiam Blue Monday, é o mangá mais fofo do mundo, sobre Valentine's. E o curioso é.... hum, melhor não, eu conto outro dia, quando eu chegar na última página... da MINHA HISTÓRIA.
Nada como um banho demorado, suco de laranja e queijo-quente para esquecer o arrependimento...

Tava lembrando agora o Bob falando que Ana Paula Padrão é inferno astral, hahahahha! É mesmo, super inferno astral, invasiva e caipira que só!

quarta-feira

Eu tentei. Falei que queria te ver a sós para podermos conversar como pai e filha fazem. Mas você preferiu ficar estressando com coisas pequenas que acontecem em casa, ignorando o meu convite. OK, fica aí então. Você não sabe o quanto você machucou sua filha falando que tem mais pessoas em casa. Assim será: eu te peço dinheiro e você pergunta como eu estou de saúde, combinado?
Huh? Ok, então... Jock...





Take the What High School
Stereotype Are You?
quiz, by Angel.
Fine, fine, fine, fine!
Eu adoro minha pasta "I wanna riot!"
Eu odeio sentir fome de almoço às 10:30 da manhã.

Gente, e não é que aquela Cida do BBB é uma irmã perdida da Rose? Não, na boa, elas são iguais até na loucura!
E a frase da semana é....
"Aquele lá é que nem TV Tupi, já saiu do ar faz tempo!"
Felipe
Sorrisos frouxos, olhares invejosos com a chegada de outro ramalhete de flores, e as mulheres continuam maculando nosso gênero com suas carências patéticas. Não façam isso garotas, por favor. Que vergonha.

terça-feira

Excelente, Smithers, excelente!

guicoube: (3:10 PM) Seguinte. Nova responsabilidade pela frente. Você será a redatora-chefe-apache do BebaSuco!!!

Era tudo o que eu precisava, motivação no trabalho. Que do caralho!!!
Estou com uma cara de cu inconfundível. Cara de bolacha trakinas sabor Jaca. E meu nariz está especialmente maior hoje. Sim, a gente precisa trabalhar essa auto-estima, mas é que hoje eu tô sem-graça, meio indefinida, meio azul bebê com branco. A única coisa que me deixa feliz é que minha barriga está dura, mas o meu pescoço está também e dói muito. Enfim... ah, esqueci o lado ruim de tingir o cabelo de preto: banho azul por uma semana. Foda, parece que eu tô passando lama negra no corpo.
Já estou com tudo certinho para ir prá Tatuí no sábado de manhã, ver minha nonninha, meu nonno e tia Isolina, que tudo sabe e tudo vê (diga-se de passagem, ela previu meu futuro amoroso em Floripa, e é bom eu não discordar, porque essa mulher sabe tudo). Não que eu vá ganhar colinho, mas Tatuí me faz um bem incrível, desde que eu fique longe daqueles lugares de "chaperludo". Lá vou eu.


....
Conversei muito com a Dida ontem, e cheguei à conclusão de que, se eu quiser viver bem em Floripa, eu terei que levar uns papos com meus pais. Nada de briga ou revolta, é só deixar claro quem eu sou, e não quem eu era com 16 anos, ainda morando com eles. Se meu pai vier prá cá no fim do mês, vai ser melhor. Está na hora de contar algumas coisas que foram deixadas subentendidas e esclarecer alguns pontos. Sinto-me cada dia mais afastada do meu pai e meio que com um obstáculo entre a gente, que nos impede de ter uma conversa franca. Enfim, se eu não preparar o campo, não vou fazer vida com eles em lugar nenhum.
Eita, eita, eita!
Because I'm worth it!


Awwww! Já ganhei um presentinho de dia dos namorados....
É um adesivo que diz "Eu te amo... ...nah!"
Eu adoro quando o Túlio diz o que realmente sente por mim!

Só mais alguns trabalhinhos e eu já posso sambar miudinho no fim de semana! Já tá acabando. As noites serão bem dormidas novamente, eu voltarei a sorrir e espero que Fernanda Crespo me faça sorrir mais largo. Eu preciso, cês não tão entendendo. Eu preciso falar: Olha só, não tenho mais nada na cabeça! - e sair batendo os calcanhares na chuva. Quero que cheguem as férias e eu possa me dedicar exclusivamente à barriguinha-de-tábua/cabeça-de-vento. Agosto vem aí com o monstro de PGE e, se eu acumular esse stress e nó na garganta até lá, um monstro será parido em um circo de aberrações lá por dezembro. Colaborem... não me tirem mais do sério.

segunda-feira

Finda o dia e eu já tô fudida prá semana inteira. Mas rezem por mim. Fernanda Crespo é o nome da semana.
Nah, não me façam perguntas hoje. Meu computador está morrendo e eu acabei de ser "slightly ignored" (sim, Fábio, é prá parecer cool! hehehe) pela galera da tecnologia. Eles preferem assistir DVD. Então logo mais vai baixar a "Gegé Descontrole" em mim:
- Vocês não vão me deixar trabalhar? Não? Aaaah, então vocês também não vão!!! Porque se eu não posso, NINGUÉM PODEEEEE!!!!! - E vou quebrar todos os computadores de lá!
Não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não não e não!
Mil vezes não!
Leave me alone
Ontem eu fiquei o dia inteiro sozinha, sem querer ver ninguém. Ermitona consciente, assim mesmo. Fiz trabalhos, minha maquete, compras prá casa, cuidei de mim e fui dormir ultra-cedo. E foi bom. Muié do buraco rulz!

E prá quem quiser saber, o fim de sábado foi ótimo, no apê-foda do Caio, onde conheci meu até então cyber-friend, o Julião. Reconheço que o mundo é mesmo muito pequeno, e a gente falou de muita gente em comum. Só que Morpheus me chamou a noite inteira, e uma hora eu decidi ir embora, senão ia ficar feio eu capotar no sofá mesmo.

sábado

DJ Kakovéio

Fui no Dê Jota ontem com Telmitcha. Não, a gente não agüentou ficar até mais que duas da manhã, o chamado do Fran's era mais forte. Mas o set dos anos 80 com Karma Chamelion e A Little Respect + a presença de Giu, Van, Mari Sai-do-meu-sítio, Catarina e Ruth foi agradável. Fora que nós, lindas e legais podíamos comentar a celebração dos ajudantes de palco do Ratinho que estava por lá. E o Daniel foi. E a gente se deu oi e falou um pouquinho. E ele pediu desculpas por não lembrar meu nome, mas e daí, ele é lindo e um dia, ah um dia, ele será meu!
Ok, foi isso. E eu queria deixar um recado:
"Honey, ou você caga ou sai da moita! Chilique não vale!"
Feel Good (ou um dia com Marina)
Se eu ainda morasse com meus pais, eles me chamariam de "ruêra", porque eu não parei em casa. Começou às 11, quando fui marombar mais um pouco e descobrir que o meu outro treinador é engraçadíssimo. Aí aproveitei e Passei no paraíso pegar um exame, almocei com o Vi, comprei os lances do meu trabalho e vim prá cá (sim, estou na casa dela). Moema é um lugar a ser explorado. Ponto de exclamação! Passeios, lugares bonitinhos, um brechó fudido de bom, boas compras (meniiina, que bota linda!) e tudo mais que eu tenho direito. Mas ela não se dá por cansada: tingimos meu cabelo (whoever it may concern, o preto ganhou), ela fez escova e me deu produtinhos de beleza, etc. Meu, eu preciso ser mimada, adoro! Estou aqui, toda cocota, pronta para irmos prá casa de su esposo tomar umas... Aiai... Mereço...

sexta-feira

Campanha decida o cabelo de Beatriz:

Preto:



Vermelho:
Eu também posso!
Fansign-trio:

Operação Elefante Africano

Eu reclamei, xinguei, resmunguei e calei a boca. Isso porque meu primeiro dia de academia foi ótimo, e Deus me agraciou com um treinador SUPIMPA. (Já expressei aqui a minha predileção por afro-asiáticos? Ok, está expressada) Fiz só braço hoje, mas amanhã eu com certeza voltarei para as pernas. Oh yeah! Já estou me sentindo mais magra e musculosa (POR FAVOR, DEIXE-ME)

quinta-feira

Eu tô com uma impressão horrorosa desde que eu voltei do almoço de que alguém me apertou a bunda. Não sei, senti um beliscão, olhei prá trás, e estava um suspeito. Vixe! Abuso! Vale lembrar que foi alguém aqui do trabalho.
Hey! Do you believe theres anything beyond troll-guy reality? I do. I do. I do.
It gets so hard, just to be okay sometimes being happy baby Is what I'm most afraid of Baby, you know, It gets so hard for Me to fight I don't know how I guess I never did why don't you show me now- how to lose control
(She's so very I don't care,She's so very I don't care)
Just cuz my world,sweet sister,is so fucking goddamn full of rape does that mean my body must always be a source of pain? No.No.No.
(She's so very i don't care,She's so very I don't care)
Just cuz I named it right here sweet chickadee don't mean for a minute you should think I'm the opposite of anything but if you wanna know for sure I'll tell you We're not gonna prove nothing nothing sittin around watching each other starve What we need is action/strategy I want I want I want I want it now.
I believe in the radical possibilities of pleasure, babe.
I do.I do.I do.


Chama-se I like fucking, e é do Bikini Kill
"Have fun, stay single"
Vi isso em um carro e adorei! Porque é verdade: Amar dá azia.

... deixa eu virar para a parede e entoar meu cântico "brilha brilha estrelinha..."

E eu estou me transformando na "Incrível Máquina de Arrumar Emprego pros Outros"! A vítima agora é a Lu. Quer um emprego? Fala comigo! Que CIEE o quê, é tudo no contatinho!
...quisera eu ter tantos contatinhos assim para outros fins...
Até que eu não pirei tanto essa semana, e ela já está no fim. Só um chiliquinho ali, uma bufada ali, um momento "vou morrer agora" acolá... nada demais. É óbvio que vou passar o sábado e o domingo fazendo trabalho (e é bom a senhora se conformar com isso. Fique longe! ha!), mas pelo menos é a parte interessante que eu sei fazer melhor.
Minha mãe se preocupou ontem comigo, "você está meio tristinha, filha". Acho que era o que eu mais queria ouvir nessa semana, alguém se importando comigo. Não que ninguém se importe, porra, a Marcelle Paxtelão me deu abrigo e boas gargalhadas essa semana. Mas é que veio da mamãe, e eu estava meio com medo de tê-la deixado triste algum dia desses. Saudades... Ando carente, sim, prá caramba. Dou tudo prá chegar em casa e ganhar um abraço, mas não dá. Agora somos eu e Clementina sob o teto do 10o. andar. Humpf.... Já passa.
Enfim, aí ontem eu saí da estafante prova de pesquisa, a qual eu devo ter escrito em hieróglifo de tão cansada que tava, e fui pro Royal Pub com Ma, Carrrlos e o coisa-ruim, que ficou um tempinho. Rimos bastante, conversamos de Deus (yeah, right!) e entramos num bizarro momento nostalgia. Merecido. Aos ausentes, uma gargalhada de "bem-feito, fica em casa então".

quarta-feira

Nunca estive tão orgulhosa de meus amigos. Primeiro foi a Marina: período deprê, tempinho na DMKT e agora na Ogilvy. Agora foi a vez do Túlio "Charlie Brown" fazer a mesma via sacra. Só que ele tava tão nervoso, que eu sofri junto, e agora estou tão contente quanto ele! Bem que esse teste disse que eu gosto de ajudar. Fora os CVs que eu andei mandando dos outros, como o do Grillo aqui prá Fbiz. Tô falando que eu vou prá área de RH?
Ai, que orguio! Meu primeiro fansign!

Aaaah, os maravilhosos forrós de duplo-sentido...

"Só capim-canela
Só capim-canela
Só capim-canela
Que vai engordar essa égua magrela"
É só dar uns gritinhos e eles resolvem tudo. Eu ainda beijo quem inventou o termo "rodar a baiana". Agora eu tenho luz!
Aí, né, a minha festa vai chamar "Let's see the game!"
Adorei!!!


I am linus

Which Peanuts Character Are You Quiz


Avaliação Física
Flexibilidade: excelente
Força nos braços: regular
Capacidade abdominal: média
8 minutos na bicicleta com carga: incompletos por cansaço
Postura: hiperlordose
Joelhos: fudidos e pernas tortas
Porcentagem de gordura no corpo: 28% (o normal é 19%)
Peso: 54 kg

Recomenda-se que esse elefante africano faça exercícios cardio-vasculares, com atenção nos joelhos e na postura. "Vamos começar bem de leve prá ver se você agüenta, tá?"
Ok, estou indignada. Não foi ruim, foi uma bosta! Eu nunca estive tão sedentária assim, muito pelo contrário, essa era minha rotina aos 14 anos:
4:30 --> natação
7:30 --> aula
14:30 --> natação
17:30 --> fim do treino

Mas saí empolgada com a rotina de exercícios e espero agüentar por 4 meses, afinal já tá pago!

terça-feira

O Abi. Esse é o primeiro das retrospectivas que eu vou fazer. Ele era irmão de um amigo de infância meu, e a gente se conheceu por telefone. Assim: ele atendeu a minha ligação na quinta, a gente se falou, e na sexta ele estava em Tatuí para me conhecer. E aí a gente ficou e foi aquela coisa que eu vou contar. Eu era a terceira esposa. Além de mim tinha a namorada de anos e a amante do trabalho, só que eu era a mais mimada. Claro, eu tinha 17 e ele 25, eu era virgem e ele queria, majorly, me comer. Eu vinha prá São Paulo no dentista e fazia ele ir me buscar, prá irmos prá Vilaboim ficarmos "namorando", no sentido literal mesmo, mão na mão e o escambau. E ele saía do trabalho, me pegava, e depois me deixava na rodoviária, prá ninguém saber. Só que eu tinha meu caso em Tatuí, e ele virou uma espécie de conselheiro, especialmente quando eu resolvi entregar meu brilho pro outro animal tatuiano e fiquei na nóia de gravidez. Era legal assim. A gente foi ficando cada vez mais amigo, até que eu me mudei prá cá. Aí, quando tudo se tornou mais fácil - eu morava sozinha, já não tinha mais hum... brilho, e estava mais perto - a gente desencanou. Ele até me chamou algumas vezes prá sair, mas eu acabei dando umas desculpas ridículas. Não tinha mais graça, era uma coisa semi-lolita, por mais que a diferença não fosse tão grande. Eu queria ele meio como tiozão, que pode me oferecer tudo, menos um relacionamento. E foi a melhor coisa que a gente fez.

Lembrei dele porque ele mora na esquina do meu trabalho.... e mesmo assim eu não liguei prá ele.
Como uma virgem, hee!
Mariposa Loca rulz!
Achei a solução: chama-se Dalacin T, uso tópico. Sensação de frescor e limpeza profunda. Minha pele agradece.
Desculpe-me pelo vocabulário, mas se hoje chover caralho, cai uma buceta na minha cabeça, tenho certeza.
Primeiro eu fico sem luz. Aí eu confiro tudo direitinho e ligo lá na Eletropaulo. Só vão reinstalar se tiver meu comprovante. Acontece que eu pago as coisas na Internet e não pego comprovante, cacete. Tá, erro meu, mas agora eu vou continuar sem luz até sexta-feira! Ah, é o cu da cobra mesmo!
Aí minha ratinha morre, eu estou nesse estado de merda, tenho 1783 trabalhos prá essa semana... Na boa... se eu passar por essa semana ilesa, ficarei feliz.
Por favor, um minuto de silêncio em respeito à Rosalina (o), que faleceu de fome ontem à noite. Façam uma oração para aquele bixinho de olhinhos pretos e corpinho inquieto. E me impeçam de ter filhos, eu não sei lidar com outras vidas, pelo jeito.

segunda-feira

Fingerbang, um dos melhores episódios do South Park

Mrs. Landers was a help-maid! She cooked food in a wok! Mr. Harris was her boyfriend and he had a great big___Cock-a-doodle-doodle! The rooster just crowed great, and I don't want my breakfast, because it tastes like___Shih tzus make good house pets! They're cuddly and sweet! Monkeys aren't good to have 'cause they like to beat___They're meeting in the office or meeting in the hall! The bossy want's to see you can suck___Hisbalzek was a writer! He lived with Allen Funt! Mrs. Roberts didn't like him, but that's 'cause she's a___Contaminated water can really make you sick! Your bladder gets infected and blood comes out your___Dictate what I'm saying, 'cause it will bring you luck, and if you all don't like it, I don't give a flying fuck!

Vida boa segundo Mr. Inoue:
Petit Gateau (2:44 PM) :
dormir, outback, andar de carro conversivel , atirar em criancas que pisam na grama do seu jardim, kinder bueno
Acabei de tomar uma decisão que eu não queria ter tomado tão de supetão, e que eu sei que vou me arrepender e ficar de saco cheio muito em breve. Mas fazer o quê? Algo tinha que ser feito, não é mesmo? Então eu fui ali e me matriculei na academia. Eca! Vou fazer musculação porque não tenho dinheiro prá fazer uma luta ou natação. Pobre puxa ferro e fode as juntas. E vai ser assim: quarta feira é a avaliação e então eu começo a suar como uma porca e ter falta de ar constante. Sorte para mim! Todos rezando prá eu chegar nos 48kg, ok?
Parte II

Comer brigadeiro da panela ainda quente, beijar na boca até os lábios ficarem dormentes, cafuné, banho-descarrego, ataque de risada boba, cerveja gelada no fim do dia, dormir de conchinha, dia de alegria com as minas (shopping craze)
Pequenos prazeres da vida....

Pijamão de flanela (o melhor), se deliciar com um prato de bife à cavalo, ou algo do tipo, dançar um ska teco teco, sair do banho e se secar ao vento, dia frio com sol, banho de banheira, massagem no pé, dormir no meio da tarde, fazer trabalhinhos manuais, ir no mercado comprar frutinhas (Marina), encher o miojo de queijo ralado, sorriso cúmplice de manhã cedo, espreguiçar sob as cobertas, um abraço gostoso, pastel de feira, comprar flores, decorar a casa do seu jeito, cozinhar para alguém, brincar com criancinhas inteligentes, estralar o pescoço, assitir o Darth Vader falar "Eu sou seu pai" repetidas vezes, tirar um 20 no dado, numa jogada de ataque em Dungeons and Dragons (Vi), butterflies in the stomach por boas causas, fumar um sexta de manhã antes de vir pro trabalho (Davis)... uiuiui...
De volta, com sono e com uma coisa a dizer: a-do-rei esse esquema de copa cedinho. Não tem trânsito, chego rapidinho no trabalho e acompanho o jogo pelos gritos da galera do meu prédio.

domingo

Walking on sunshine - Reel Big Fish
teco teco teco...

Menas um dia e amanhã tô de volta. Nessas horas começam as cobranças de vir prá cá, e eu fico embananada. Po, não quero vir prá cá, a não ser que a grana seja boa (porra, eu tinha que ser interesseira alguma hora). Já estou fora de casa há 5 anos, não é agora que eu vou voltar. Imagina, chegar e ter que ficar ouvindo ordem, ter horário prá sair e ainda não poder usar o carro à noite? Thank you, fico melhor no meu iglu em São Paulo, andando de ônibus e tomando sopa enquanto assisto Hebe. E levando quem eu quiser prá casa. Ponto final de exclamação.

Então é isso, tenho que vingar o semi-podre feriado que eu tenho. Ah, não posso reclamar, comi comidinha da mãe e liberei meu consumismo. Meu pai me ajudou com uns trabalhos e minha irmã, apesar de ter merecido o naco de braço que eu arranquei dela, ainda é uma fofa. Anyhow... estou aceitando convites para bebedeiras esta semana. A primeira será na quarta, no Real, com Juju, Carlão e demais.

sábado

Surtei dentro de um provador da Renner no Shopping Beiramar. Chega! Acabou! Não vou mais ignorar o fato de eu nunca ter estado tão detonada como agora. Nada de olhares piedosos nem "tsc! Cala a boca!" Estou acabada, e com apenas 21 anos. Nunca em toda a minha vida eu fui tão sedentária, desleixada, pouco feminina e pobre como estou. Caralho, eu já fui rata de academia, já tive roupas decentes, já ostentei uma pele lisinha e já me gabei de não ter celulite. Só que, como prá mim isso não significa muito, eu descuidei. Muito. E vi que até minha mãe, beirando os 50, não sai de casa sem batom. E eu mal penteio o cabelo. Aí eu vi o meu nariz, naqueles espelhos que fazem ângulo nos provadores, e quis morrer. Todo ano é a mesma coisa, eu quero fazer uma plástica, aí desencano, porque insisto em dizer que meu nariz é minha marca registrada, vivo bem com isso mais uns meses e volto a me incomodar. Não. Vou me incomodar com tudo, vou virar uma chata, senão vou ter que continuar ouvindo frases como essa: "Nossa, Bia, eu, você, o Dado e a Lu somos pessoas que não nasceram prá se vestir bem..." O caralho! É claro que eu gosto de me vestir bem, as pessoas que não têm visto isso recentemente, só.
Acabou... agora é mulher superior E elegante. Vou voltar a ouvir o China, ele sim sabia me criticar... "I-di-ota! Odeio esse seu cabelo, mas esse sapato vermelho tá bombônico, naaaassa!"
Eu quero ele porque ele é um dos poucos homens que chora. (E assume, criticuzinhos de plantão) Ele tem dúvidas, entra em pânico, me pede ajuda, pergunta se eu choro também. Eu acho isso lindo. Não, queridos, eu odeio patetas indecisos, mas eu acho fofíssimo um cara admitir que está planejando a vida tão cuidadosamente que até se desespera. Ele se empolga com músicas, estilos, cenas, climas e coisas simples. Ele é como eu! E eu amo ter momentos egocêntricos. Ah, não vou explicar, eu só acho que é lindo o que ele faz, e é por isso que a gente devia começar a procriar freneticamente rebentos emotivos.

Fica aqui o mantra da semana:
eu tenho que parar de ensaiar eu tenho que parar de ensaiar eu tenho que parar de ensaiar eu tenho que parar de ensaiar eu tenho que parar de ensaiar eu tenho que parar de ensaiar eu tenho que parar de ensaiar eu tenho que parar de ensaiar eu tenho que parar de ensaiar eu tenho que parar de ensaiar eu tenho que parar de ensaiar eu tenho que parar de ensaiar eu tenho que parar de ensaiar

Obrigada, amiga!
Tá, eu nem vou comentar que minha irmã teve que engessar a perna e eu não vou poder sair porque tenho que cuidar dela.

Tava vendo aqueles maravilhosos filmes de quando você é pequeno e todo mundo acha lindo te filmar fazendo besteira. O filme do meu aniversário de 2 anos. Festa à fantasia prá society sanroquense, afinal a gente estava mudando prá lá. Eu estou vestida de odalisca, coisa mais fofa, toda de azul. A festa em si não teve nada demais, se não fosse a minha constatação de que esse foi meu primeiro porre (consentido) da vida. Sim, em tempo real, 1:38 min. entornando o copo de cerveja do motorista da minha avó. Logo após a cena, eu me enrosco no véu e faço xixi nas calças. O cinegrafista tinha que ser homem, porque nem se importou em chamar minha mãe. Aí, quem assiste, comenta: puxa, Bia, como você era chatinha, hein? Só chorava... Eu tava bêbada, porra! ainda bem que hoje em dia eu não choro. As tias fazem as priminhas posarem ao meu lado, mas eu distribuo porradas e saio cambaleando. Na hora do parabéns, eu começo a chorar e meu pai vai me por prá dormir. Demorou prá alguém perceber que eu estava em falta com minhas faculdades mentais naquele dia. Digamos que demorou alguns ANOS.
Mas o filme é bem engraçado...
Oh, fuck! Menos um dia... Eu não vou contar onde eu estava até agora, é meio deprê. Mas o fato foi esse: o Ri tá me chamando prá sair desde que eu cheguei. Aí hoje a gente marcou uma bebedeira monstro, e ele falou que ia ser na Lupus. Tipo, tudo bem, minha irmã falou super mal do lugar, as if I could care, bebemos do mesmo jeito. Aí eu tava pronta, e ele indo me buscar. Só que uma dor de cabeça do grande caralho me acometeu, só porque, nesse lugar que eu tava, eu resolvi misturar cerveja com champagne. Loser, fica aí na frente do computador então, fica!
Mas a coisa boa é que eu gastei uma grana (parcelada) em uma cacharrel pêssego e numa calça risca de giz, e amanhã vou no santuário da Santa Paulina, porque Creide, menina, não é que lá vendem umas botas lindas? Uma pechincha!


Momento patético:
Lembra do Kevin Arnold apaixonado? Que ele ficava virado na carteira da menina, encarando feito um cãozinho? Eu fiz o mesmo neste lugar que eu estava agora. Fiquei pasmando. Coisa mais fofa, do cabelinho vermelhinho e piercing na boca. Virgissanta! E meu pai nem podia sacar, senão seria a vergonha da família... uiui!