quinta-feira

rock steady, dub e pula pula
E estou imensamente fudida!
O Mc Donald's devia colocar uma colher junto com o pacote de Mc Cookies. Seria mais coerente, já que o negócio vem em migalhas.
Das coisas que me ocorrem de manhã:

Sonhei que tinha um vestido lindo, de usar no dia-a-dia, e um all star baixo preto que surgia no meu pé. Eu tomava Eskibon de café da manhã e xingava meu chefe na cara dele. Meus amigos estavam em casa e não se importavam com a bagunça. Minha irmã era afofada por mim seguidamente.

Vi o cara que me tirou o "brilho" no ponto de ônibus. Continua com a mesma feição eqüina, só que agora ele está mais gordo porque parou de cheirar.

"Quando eu descer, vou comer um bagulho, mas daqueles cabulosos, seu pilantra do caralho!" - disse a maluca que gritava no ônibus.
Barracão e meus pensamentos

J- Oooooi!
G- O-bah!
D- Oi, tudo bom?
B- (Eca! Esse de novo?) Oi...
J- Escuta, você tava na Lôca no domingo, né?
D- Tava sim.
J- É, eu fiquei com a tua amiga
D- É, pois é, a Flávia Fernanda.
B- (Flávia Fernanda?! Ela existe? Achei que fosse invenção!)
J- E você falou prá ela que eu sou gay!
D- Eeeeu? Eu não!
B- (Vixe! Mas não é?)
J- Pois é, você falou sim e ela me contou!
D- Eu não, cê tá louco?
G- Jesus!
D- Não e não!
G- Virgemaria!
J- Falou e falou e falou!
B- (tô falando... já já ele conta)

quarta-feira

- Como vc está bucólica hoje!
- É, estou toda azul! - disse a loira na minha frente, NA FRENTE DA MINHA PRESENÇA!

A loira deve levar uns 5 paus para casa, prá achar que bucólico quer dizer azul! Eu mereço...
Sou Bonduki. A partir daí, sou uma compilação de características passadas de pai para filho - os primogênitos sempre absorvem isso melhor. Um Bonduki doente é um martírio para quem está perto. Ele sofre, geme, sente dores e as expressa. Ele quer carinho, atenção, xamego, sopinha na boca, edredons e conforto, por menor que seja a dor, afinal ele está doente e você não pode duvidar.
Hoje eu estou um poço de melindres, qualquer coisa é motivo prá eu gemer e reclamar em tati-bi-tati. Oh well, vou ligar para o meu pai, ele sim me entende.
Correr na chuva não estava em meus planos. Eu só queria ir à farmácia.
Letras que eu gostaria de cantar:
The time is now

Bem disse a Dida, the night is young. Ha!
scheisse
porque minha garganta dói
porque toda vez que eu levanto, minha coxa repuxa
porque eu não posso ficar doente agora
porque meu cliente me ignora
porque eu não tenho que ser simpática com ninguém
porque o tylenol acabou
porque tá chovendo
porque ontem eu trabalhei até tarde
porque torrei meus tickets e não vou receber hoje

liebe
eu sou bem tratada
eu comecei um livro
eu vou viajar
eu terminei meu trabalho
eu tô ouvindo No Hero
eu tô de cachecol

terça-feira

Tudo dá certo no final. Se não deu certo, é porque não chegou ao final.

Vai dar certo.
I had visions, I was in them
I was looking into the mirror
To see a little bit clearer
Rottenness and evil in me
Fingertips have memories
Mine can't forget the curves of your body
And when i feel a bit naughty
I run it up the flagpole and see who salutes
(but no one ever does)
I'm not sick but i'm not well
And I'm so hot cause I'm in hell
Been around the world and found
That only stupid people are breeding
The cretins cloning and feeding
And I don't even own a tv
Put me in the hospital for nerves
And then they had to commit me
You told them all i was crazy
They cut off my legs now I'm an amputee, god damn you
I wanna publish zines
And rage against machines
I wanna pierce my tongue
It doesn't hurt, it feels fine
The trivial sublime
I'd like to turn off time
And kill my mind
You kill my mind
Paranoia paranoia
Everybody's coming to get me
Just say you never met me
I'm going underground with the moles
Hear the voices in my head
I swear to god it sounds like they're snoring
But if you're bored then you're boring
The agony and the irony, they're killing me
Se eu realmente confirmar que perdi TODAS as mudanças que deixei em destaque no meu trabalho, esperem por um enorme mau-humor pelo resto da semana. E culpados, claro:
- meus pais, por não me darem um computador decente
- o word em si por não ter atalho para mudar a cor da letra (o meu não tem, acreditem)
- eu, por ser preguiçosa e ter dado highlight em tudo

- o highlight por não aparecer em outra versão de word.

VAISIFUDÊ!
Agora eu vou chorar um pouco e ver se as alterações reaparecem.
Manual de cu é rola!
Era uma vez uma turma prepotente da segunda série que não aceitava gente de fora. No meio dela caiu uma menininha cdf e de costumes estranhos, que obviamente não foi muito bem recebida. Eu fiquei amiga dela, apesar de não resistir e entrar na dança quando a classe inteira começava a tirar sarro da pobrezinha.
Hoje cedo ela veio tomar café comigo, depois de alguns anos sem se ver. Está a mesma, com os mesmos costumes e devoção à faculdade. Tá mais gorda, é verdade. De resto, tudo igual.
Não sei o que dizer quanto a questão "reencontrar amigos de infância". Pode ser uma decepção grande, ou mesmo uma mesmice triste. Não tenho saudades da galera de São Roque, com raras exceções, e é dessas que eu ainda corro atrás. Saudades mesmo eu tenho é de Tatuí.

segunda-feira

Gosto não se discute, disse a velha comendo ranho.

Nojento, é, mas é fato.
Assim como política e religião não se discutem.
Eu fico lisonjeada de descobrir que pessoas procuram por meu blog especificamente em mecanismos de busca. Sim, eu gosto de feedback.

-x-

Segundo minha mãe, eu daria um ótimo personagem de uma sitcom. Eu sinto concordar.
[Fucking Morose Mode]

Essa música abaixo era meu hino no segundo colegial. Não, eu não achava que Pais e Filhos era a minha vida em cifras. Eu cantava alto, junto com Self Esteem e Muzzle, essa aí que me dava "forças para acreditar". Argh! (a minha atitude, não a música). Que coisa mais Bon Jovi, não? Ouvir a música que te dá a confiança necessária. Não é assim. Enfim, tá aqui: Mayonaise.

Fool enough to almost be it Cool enough to not quite see it Doomed Pick your pockets full of sorrow And run away with me tomorrow June We'll try and ease the pain But somehow we'll feel the same Well, no one knows Where our secrets go I send a heart to all my dearies When your life is so, so dreary Dream I'm rumored to the straight and narrow While the harlots of my perils Scream And I fail But when I can, I will Try to understand That when I can, I will Mother weep the years I'm missing All our time can't be given back Shut my mouth and strike the demons That cursed you and your reasons Out of hand and out of season Out of love and out of feeling So bad
When I can, I will Words defy the plan When I can, I will


Sim, estou *pfff* hoje. Por um lado é bom, tô escrevendo prá caramba. Mas por outro.. you know.
Aíh, vou dar dicax diáriax para dexcobrirem o que eu vou fazerrr na sêixta. Valeu?
"Vou votar no Lula porque quero ver o circo pegar fogo, ué?!"

Gegé, pronta para abrigar o mendigo em sua casa.
HEY LADIES!

(hah! Essa música é uma daquelas que eu consigo imaginar toda uma coreografia feita pelos Beastie Boys em um beco novaiorquino)
Despite all my rage I am still just a rat in a cage.

Eu acho que uma das melhores sensações que existe é ter toda sua raiva amainada por uma atitude fofa que signifique algo - e que você reconheça isso. De repente tudo sumiu. É como se um emoticon bem colocado fizesse todo o serviço. Não quero e não tenho porque me aborrecer. Eu tenho mais é que prestar atenção nesses pequenos "emoticons".
De repente toda a minha inspiração rabugenta de segunda feira foi pro saco quando eu, ao abrir o Blogger para reclamar, recebi um pedido de autorização do "León de Tchacara" no ICQ. Hahahaha! Ai, onde eu tava mesmo?....
Prá mim a vida é uma grande fileira de dáblius de forma, com as hastes interligadas.
Um sobe-e-desce de descobertas boas e decepções.
Cabe a mim checar a minha caligrafia.


das coisas que Beatriz pensa durante o quase-sono...

sexta-feira

Eu queria agradecer o vagabundo de feições simiescas, o inventor da porra da planilha de excel, o Tio Pasquale, a Pullman e a Tim (Valeu Tiiiiim) por tornarem minha tarde de sexta feira a mais divertida possível!
Fuck the pain away...
A Gabi vai fazer uma pessoa ultra-feliz se ela tocar Peaches alternado com Miss Kittin all-night-long-tonight-tonight - como diz minha mãe.

-x-

Mea Culpa Meo Cu!
No meu mundo perfeito, não existiriam tontos nem crianções. Fico feliz de ter herdado do meu Nonno a impaciência com gente idiota. É evidente o meu desprezo a eles, mas é pior ainda quando o tonto em questão é tão tonto que não se liga. Não é nada pessoal, carapuças-vestidas de plantão. É só um aviso: se você é tonto e infantil, não perca seu tempo dirigindo a palavra a mim. Obrigada.

-x-

Eu sou feliz porque consigo ignorar a pentelhação matinal para ficar arranhando as costas do meu gatinho.

quinta-feira

Achei um santinho da Santa Paulina e finalmente completei minha devoção. Ah, por que não? Eu sempre disse não crer em nada, nunca pedia porque sabia que não viria. Agora deu certo, cada coisinha que eu pedi me foi atendida, então eu não posso dar as costas à minha santinha.
Tá aqui, no meu monitor, a Madre Paulina do Coração Agonizante de Jesus.

Ah, cafona é o teu cu.
Carta de Recomendância:

Senhor empregador, dono de empreendimentos noturnos

Meu amigo é um homem de muita técnica em receber pessoas. Sua educação esmerada o permite tratar a todos com elegância e polidez. Eu me lembro bem da noite em que....
... estava muito calor e ele trajava uma saia kilt prateada. Estava apoiado na mureta do Stardust com um ar de impaciência. Queria público, e nós estávamos chegando. Parei na frente dele e fui medida dos pés à cabeça: "Sim, está de acordo". Era um Steve Rubell, praticamente. Sacou a volumosa caneta de seu bolso e perguntou: "Nome?". "Elsa Jane". Levantou os olhos sobre os grossos aros de seus óculos e disse, com erotismo em sua voz
- Elsa Jane, tire esta gravata... DA TESTA! Vê lá se isso é lugar... pfff! - revirou os olhos - Entra de uma vez!
Nunca mais me esquecerei de tal tratamento cavalheiro e sensual que me foi dado. Ele é sim digno deste emprego. Esqueça qualquer traveca escandalosa na porta, ele é perfeito para tal função.

Elsa Jane
Seqüestraram minha sogra...
Bem-feito pro seqüestrador!
Ao invés de pagar o resgate
Foi ele quem me pagou.
- Fala pro seu pai ficar rico, aí a gente pode passar o dia na cama, sendo sustentados!
- Não posso, sou nova-pobre...

Tem coisas que só 8:00 a.m. fazem por você.

quarta-feira

Is Manhattan in da house?

I'm the king of boogle there is none higher
I get 11 points off the word quagmire
O tonto é um misto de inconveniência com falta de jeito.
Em breve, o texto na íntegra.
deixa só eu pegar mais informações...
Olha aí, Santa Paulina é tiro e queda. Foi só eu pedir que já veio a boa notícia. Consegui.
Aos poucos os cílios molhados vão dando lugar a brilho de cifrões no olhar, e eu como boa árabe não posso deixar de ficar feliz com dinheiro.
E tem mais um motivo pr'eu estar feliz. Quem me conhece, sabe onde ele está.
Já que eu entrei em módulo foda-se, ao menos eu devia ganhar um pouco mais de maturidade em contrapartida. Mas não, as más-notícias continuarão lá, porque quem decidiu ser infantil fui eu mesma. Tapar o sol com a peneira não é solução, é um alívio temporário, que quando acaba vem com impacto muito maior.

-x-

I took the good times, I'll take the bad times
Talvez isso não seja incentivo algum, mas descreve bem o que acontece.

Here's a thought for every man
Who tries to understand what is in his hands
He walks along the open road of Love & Life
surviving if he can
Bound with all the weight of all the words he tried to say
Chained to all the places that he never wished to stay
Bound with all the weight of all the words he tried to say
and as faced the sun he cast no shadow
As they took his soul they stole his pride


Fica bem, porque você me faz bem.
Tiroteio do lado de casa, e eu e a Grubes passamos no meio sem notar.
Declaro aqui meu ódio pela namorada do filho do Alckmin. Não tinha outro lugar para morar não?

terça-feira

Creido, meu xêro mais novo, tá namoran-dô, tá namoran-dô!
Será que eu vou ter que postar aquela música do Chico de novo? Talvez até com uma estrofe extra de minha autoria.
"O meu amor"
There are no books like a dame
And nothing looks like a dame,
There are no drinks like a dame
And nothing thinks like a dame,
Nothing acts like a dame
Or attracts like a dame,
There ain't a thing that's wrong with any man here,
That can't be cured by putting him near,
A girly, womanly, female, feminine, dame.

Preciso de um café. Vou sentar aqui e despejar minha cabeça em teclas batidas até eliminar o tanto de coisa que tá na minha cabeça. Bom e ruim. Ontem me veio a má notícia em forma de telegrama, e eu não quero pensar nisso, atitude muito adulta da minha parte. (Ei! eu não tinha pedido por boas notícias?) É sempre assim, então eu simplesmente desisti de estressar e parti pro método "quem, eu me preocupar?". A partir de agora só vou me preocupar com o que me é realmente importante. E eu sei o que me é importante.
Aaaaaa, não dá, muita coisa, muita coisa. Quisera eu conseguir igualar minhas dúvidas a zero e viver só de certezas.
Eu tenho essa coisa de querer ajudar, querer ver bem, obviamente quem eu quero bem. Vem do meu nome. Beatriz quer dizer "aquela que faz feliz", então eu bem que tento.

Que porra, tudo o que penso hoje, censuro logo em seguida. Sabe o que é ter milhares de idéias e coisas prá falar, mas não achar a forma mais adequada? Escrevo, apago, penso, censuro, bufo. Bufo alto. Depois eu volto.

segunda-feira

Saudades
de vc
do seu cheiro
da textura da sua nuca
do seu respirar
da forma com que vc fuma
da jeito que seus olhos brilham quando vc olha pra cima, pra mim


Trilha: I'm Free Now - Morphine
A vida é um palco, capítulo 87264

- A senhora é um doce!
- De quê?
- Côco com amêndoas...
- Nheca! Bom, antes côco que cocô.
- Hmmm... mas após um tempo, um sai no outro.
Quando eu disse que Nada Surf era bom, esqueci de mencionar que eles cantando "Where is my mind?" são ainda melhores.
E "The world has turned and left me here", do Weezer, é o hit mais porra-que-saudades-dos-meus-17-anos que tem.
Parafraseando Xuxa e Jorge:
De hoje em diante só quero boas notícias

Notei ontem que finalmente arrumei uma devoção que efetivamente me atendeu. Não vou mais reclamar e virar os olhos quando meus pais decidirem ir à Nova Trento. Eu preciso fazer constantes agradecimentos.
Agradeço a São Miguel pela graça alcançada.

Fim de semana bão!
Nunca subestime meu poder de atenção.
Gegé que se cuide

Eu devia ser presa por ATENTADO AO PUDOR.
E aí, vai encarar?

sexta-feira

Eu me sinto mal, MUITO mal, por me calar. Por só ouvir e não dar meu parecer. Mas é que eu prefiro ouvir e ajudar com meu colo, do que acabar falando algo que soe atravessado. Nunca sei o que dizer, já soube melhor. Agora eu me calo, mas isso não significa que eu não ouça e não queira ajudar.


Hahahahahahaha!
Eu me sinto assim às vezes!
Divine-o-rama



Finalmente, em um ano, alguém fez uma foto do meu minúsculo carimbo nas costas.
'Gradicida!
Wanna disco? Wanna see me disco?
Engraçado eu, Ms. Twisted Stomach, ser chamada de desencanada. Acho que finjo bem.
: ]
Happy, happy, joy, joy
Falei da Ana Paula Padrão ontem, mas tô igual a ela, heh!

quinta-feira


My feet are small, I know, but they're not yours, they are my own...
Uma vez maleta, maleta forever.
Argh!
-x-
Bia Alfred E. Newman
"Quem, eu me preocupar?"
-x-
Eca! Eu ouvi um hit das Wilson Phillips! Quem lembra das três "chaperludas"?
-x-
Hoje eu dava tudo prá ir tomar umas com Brima Fafá, mas vou ter que aprender FRESH 5.
Minha mãe acabou de falar que eu pareço a Angelina Jolie em uma foto.
As mães são ou não são uma grande injeção de auto-estima (por mais que eu saiba muito bem que eu não pareça em nada com a tal)?
Bitch Magazine
vai bem com Bust

E eu ganhei o CD novo do S-K!!!
Valeu, colega corporativo!
Fame
I'm gonna live forever
I'm gonna learn how to fly
I feel it coming together
People will see me and cry
I'm gonna make it to heaven
Light up the sky like a flame
I'm gonna live forever
Baby remember my name
A Calabresa da Kumba

O sonho da Kumba era ser cheerleader, para assim poder dividir os ensinamentos de Jah com os torcedores. Dizia a lenda que no intervalo das aulas ela fazia mapas astrais inspirados no calendário maia (?). A Kumba só queria um outfit de sainha como o que as verdadeiras cheerleaders usavam.
Infelizmente, ela tinha muito o que aprender. Por exemplo, aprender a usar uma brusinha de decote sem que o peito ficasse caindo para fora.
Tudo bem que não teve aula nem reunião de PGE. Ao menos eu comi panqueca com mapple syrup (melhor que sexo, hahaha).

-x-

E no fim acabei caindo em uma palestra ministrada pelo meu santo de devoção: São Marcelo Duarte. Sem ele, meus quizzes seriam algo como o show do milhão, e eu não teria repertório para as conversas de bar. Se eu tivesse pego um autógrafo, com certeza faria um altarzinho dele aqui no trabalho.

-x-

Ontem eu fiz o comentário mais GAY FRIENDLY na frente da pessoa mais errada.

quarta-feira

Posso fazer inveja? Eu tenho algo em mãos que ninguém mais tem. E eu estou lendo e me deliciando com a prosa gostosa que ele escreveu. Um dia talvez vocês se lembrem disso. Às vezes não é preciso um Nobel de Literatura prá revelar um bom escritor, ele está aqui, ao nosso lado, com sua franjinha na cara.


Sharbat Gula, beware!
Vou passar o dia ouvindo "Not what you want" e dando pulinhos na cadeira.
Meninas, morram de inveja. Acabo de sair para almoçar com o mais novo, oe!, colega de trabalho, o ficacomigo NandoRossi. Me senti seletíssima por andar ao lado de um menino que é reconhecido por adolescentes na padaria!
Boa sorte nesta dimensão fbizeana, menino!
G'day mate

terça-feira

O que fazer quando você se dá conta que, por debaixo de uma regata branca-transparente, seus faróis estavam tão acesos que iluminariam o Maracanã inteiro?
Se trancar no banheiro é uma boa. E nunca mais sair!
O que eu vou dizer sobre a morte do Ray Conniff? Ah, que uma vez o meu amigo Dado teve um pesadelo com ele, no qual todas as pessoas tinham cabelo branco tigelinha. Aí ele acordou com medo de chamar os pais e eles estarem assim também.
Pode ir, Dado, agora você só corre o risco de topar com o espírito dele vagando por aí...
Zzzzzz...

Dramin fode com meu dia, mas só assim prá viajar longe do saquinho de náuseas.
E digamos que eu acordei bem hoje.
Bem-vinda ao pesadelo da realidade!
Cadê minha praia?

segunda-feira

Acabei de fazer 4 km de power walk debaixo de um sol maravilhoso. Eu e meus neurônios.
Sou mais feliz agora!

domingo

Ok, agora eu só quero cantar essa música bem alto. Quem quiser, cante comigo.

I went downtown just to see
if there was a rocker boy made for me.
Tight pants and long brown permed hair.
Preferably zebra striped underwear.
He's gonna rock my world.
Be his rocker girl.
Gonna be his rocker girl.
I love the way that he gives all the guys shiners
'Cause it sort of matches my blue eyeliner.
He's so tough, he's so cute, he's a regular dream.
He looks so good in his acid washed denim jeans.
He's gonna rock my world
Be his rocker girl.
He will know all the good movies.
He'll know just how to rock it to me.
He'll be so romantic and that
he'll know every word to Spinal Tap.
And I'll be his rocker girl... 2 3 4.
If he was Russian, he would be the Kremlin.
If he was a rock star, he would be Led Zeppelin.
If he was a month he would be oh say May or June.
If he was underwear he would be Fruit of the Loom.
He's gonna rock my world
Be his rocker girl.
Gonna be his rocker girl.
Gonna be his rocker girl.

Sinto o calor no rosto, do vermelhinho nas maçãs, e digo que as pessoas vão me agradecer de ter tirado esses dias aqui.
Imagine Barretos com o dobro de chopp e papel higiênico no banheiro feminino. Isto é a Oktoberfest.
Obviamente, com gente bonita e educada e nenhum vômito no chão depois que a festa acaba.
[poliana] O mundo poderia ser inteiro assim[/poliana]
Nah, ia ser chato!
Resumindo: comi Einsbein com Sauerkraut, bebi, bebi e bebi, enchi o fiofó de doces e comprei agradinhos pro moço.

sábado

Menina de unhas vermelho-puta está enjoada na frente do computador esperando para ir comer torta de camarão.
Ê vida besta que eu adoro!
Praia cheia com campeonato de surf era tudo que eu não precisava, mas mesmo assim eu fui, eu e meu kit-praia-Urtigão: esteira, livros, palavras cruzadas, protetor fps 830, máquina fotográfica e muita disposição.
Consegui o que queria: minha única preocupação era se o vento ia desmanchar meu cabelo. No fim até garanti um bronzeado queimado unilateral, mas é melhor que nada.
Atingiria o Nirvana se minha cama não fosse tão dura...

sexta-feira

Eu sou a rainha da preguiça. E da fome. E da infantilidade. E de rolar-os-olhos.
E sou muito feliz com isso.
Ganhei flores.
Nunca disse, mas eu adoro ganhar flores!
Cheguei. Feliz depois de ter passado por alguns percauços e dormido bunda-com-bunda com uma kumba durante a viagem.
O apartamento novo é lindo, daqueles que não fica um espaço vazio, e eu gosto de lugares assim - nota-se. Papai acabou de me fazer um lauto café e agora eu vou tomar um banho prá tirar essa, argh, nhaca de ônibus.
Notei que meu pai está mais baixo, quase da minha altura, e ele diz que é porque está com um desgaste ósseo que só tende a piorar. Worries me.
Bom, vou lá na médica e já volto.


Hum... ugh... mmm...desencana.

quinta-feira

Está chegando a hora. Daqui há algum tempo, estarei no Tietê com minha mais nova bruaca, achada em casa, com a passagem e os grãos de bico que minha mãe pediu na mão. Terei um game boy e uma câmera que o meu menino me emprestou para me entreter durante a viagem.
Serei feliz!
Aaara! Te lasco uns pialo n'orêia!
Frenesi é uma palavra que me faz rir MUITO! Imagino a pessoa frenética tendo uns espasmos, se mexendo como uma minhoca, e suspirando de alegria.
É maldade dizer na minha frente que meu chefe está em frenesi porque vai ser pai. Olho prá ele e rio escandalosamente!
Mais uma cobrança e eu começo a distribuir sopapos.
Já vôôô... saco!

quarta-feira

Vou ali encher o fiofó de cachaça e fazer pose de formadora de opinião.
Fiiiina!
Um dia de Carol...
porque a tradição precisa ser mantida.

Acabei de fazer um lanche ótimo com a Mari. Bem bacana, gosto de conversar com ela.
No mundo perfeito, eu estaria desfilando no circuito da moda em Milão para uma platéia de afro-asiáticos, disse o Viktor.

Os meninos do meu trabalho
São três: Vicente, o bizarro, Davis, o mudo e Viktor, o Papai Axila (com um nick desses, normal não é). E eu, a única menina com estômago forte o suficiente para agüentar o besteirol e as risadas. Não conseguiria reproduzir sequer uma conversa do almoço aqui porque já não teria mais graça, mas o fato é que eu rio, e muito. Hoje o almoço teve a presença de Neno Seichelles, um ex-fulano igualmente palhaço. Céus, me senti em um freak show de comparações improváveis e metáforas engraçadas! Eles nem se incomodam mais com a minha presença antes de comentar da silurpes de uma passante ou de como um tal vomitou restos de ricota em uma festa. Vão falando e a incomodada que revide com pedaços de pão atirados.
Pelo menos isso me salva da loucura, já que a demanda continua grande.
Once more
Sorocaba, e ocê?


Acabo de entrevistar a minha, a sua, a nossa amiga Hortência, fina flor de formosura. Claro, entrevistei em nome do site que estou fazendo. Aquele lance: como começou? quais são seus ídolos?.
Se fosse em Apfelsine mode, as perguntas seriam mais ácidas:
"Querida, quanto tempo levaram no photoshop para você sair gostosa na Playboy?"
"O que é esse namoradinho? Ele tem idade prá ser teu filho!"
"A senhora é grandona assim mesmo ou usa salto?"
"E aquele seu marido? Dizem que ele é meio biba, né?"

Me senti meio Marília Gabriela agora.

terça-feira

We got many friends
To make this puzzle fun
He's no longer human
He's a frienddotcom
Esqueci como Nada Surf era bom.

... uma Oktoberfest era tudo o que eu precisava! Esbórnia com a mãe é coisa fina!
onç@ (3:31 PM) :
............e..............o..............chopp......????????????
Antes de começar com minhas cobranças pessoais, eu devia reavaliá-las para ver se são justas e sensatas. Preciso desses chacoalhões periódicos para manter minha sanidade. Minha cabeça é de uma fertilidade absurda e qualquer fato - minto, nem precisa ser um fato, qualquer hipótese - pode gerar mais e mais pensamentos e me ocupar o dia com uma preocupação que não é real. Ao mesmo tempo, estou cansada de pensar no próximo, quero ser egoísta e me reler e reler até chegar a algum ponto, já que eu tenho os pés no chão e sei que me entender seria uma tarefa complicada. Preciso de uns dias não-sozinha, preciso me ocupar. Essa ida a Floripa vai cair como uma luva, afinal a praia não é o cenário ideal para se lembrar de problemas. Quero tomar sol, ler, fotografar, afogar minha irmã, pentelhar minha mãe e exigir agrados do meu pai. Quero esquecer que São Paulo existe por um tempo, pelo menos seus aspectos ruins. Quero voltar morrendo de saudade dele e do trabalho e do meu grupo de PGE, e abraçar todos e notar que estou longe das cagadas diárias.
Ufa! Essas self-broncas me aliviam.

Mera coincidência: post feito ao som de In My Place - Coldplay
Se eu nunca tivesse tomado conhecimento de algumas coisas, não me faria a menor diferença. Agora, vai saber porque elas resolveram se mostrar em minha vida?
Lembro do tempo em que eu carregava um vultinho comigo, um fantasminha desgraçado que começava a me assombrar logo cedo. Não pedi, mas ele voltou. Por mais que esteja em céu de brigadeiro, esse inferno me atormenta sim. Preciso de um ghostbuster forte o suficiente prá não deixar um resto de hectoplasma próximo a mim.
Não posso deixar pequenas coisas que a minha cabeça inventa por falta de assunto me atormentarem. Estou farta das minhas atitudes infantis. Acho que seja hora de eu rever minhas atitudes e voltar a ter progressos voluntários.

segunda-feira

putamerda.
as coisas podiam ficar um pouquinho mais fáceis, não?
estamos fadados à merda e tudo o que eu quero agora é me mandar desse país.
rezar não adiantou, confiar não adiantou, ser otimista só evitou cabelos brancos, mas de fato nada aconteceu, só a má notícia.
Isn't life way challenging? E já diria a sábia Gail: don't challenge me! You might regret!
Hey Paul hey Paul hey Paul
let's have a ball
Gigaaantic gigaaantic!
Pelo jeito eu sou a única que não saiu de rasteirinha hoje. Ô calor senegalesco mardito! Podia ventar um pouquinho, não? Porque hoje, logo cedo, eu saí saltitante de casa, comprei ferramentas e tive a grande idéia de pegar um metrô até o Tietê, o que me garantiu uma rápida desidratação. Pelo menos eu tive muito o que escrever das pessoas estranhas que rondam o metrô.
Não sei o que foi mais engraçado: ver a "irmã" da Camila/Otávio no "BIBA Comigo" ou a Mari Alexandre tentando explicar que o que ela faz é arte.
Sim, ontem eu emburreci um pouco.

domingo

Ufffs!
E cada vez mais descobrimos o ponto exato que me faz perder um pouco da consciência... Só a alternância salva!
Tá vendo essa mancha marrom? Chega mais... isso, aí embaixo do umbigo... Viu? Então, foi nesse fim de semana, fiquei lá, com a barriga no fogão. Nããão, não foi ruim. Até aprendi a fazer bolinho de couve-flor! O quê? Não, esse é outro... coincidência.

sexta-feira

Momento EGOTRIP (porque eu já fui muito chamada assim)

Cara, eu sou foda pracaralho!
Mirror Project likes me!
Frase do dia

"O seu namorado é mainstream"
Zião, o irritadinho
Eu dava um braço por um minuto de paz plena. Mas hoje vou ter que esperar mais.
Não. Minha demanda ainda é maior. E agora?
When I met you in the restaurant
you could tell I was no debutante.
You asked me what's my pleasure,
"A movie or a measure"?
I'll have a cup of tea and tell you of my dreaming
Dreaming is free


...posso mudar o verbo prá tripping?

quinta-feira

Essa é do meu tempo!
Gin Blossoms... isso é velho.
Hoje eu tô uma coisa meio Penélope Nova: blusa de banda sobreposta à camisa e munhequeiras.
Tudo pelo bem da L.E.R..
Lendo O Povo Brasileiro no trabalho, e feliz por isso. O livro é ótimo, e eu tô beeem folgada hoje. Ou não, mas foda-se. Tem coisas que só o PGE faz para você!
Eu a-do-ro quando eu tenho progressos involuntários!

Aaaart Staaaar
Hoje estou com
a impressão de que uma romaria passou a galope me atropelando
os olhos ardendo
dor de cabeça
nariz trancado
modo "dengo" on
gripe.

E além disso, uma vontade de mandar o redator que fez a campanha do Gendai tomar no cu, prá aprender a não queimar nosso filme.

quarta-feira

É estranho - e ao mesmo tempo bom - ver que o ser "superior" a você (publicamente conhecido como) é uma pessoa digna de pena. Na verdade a parte boa é se sentir mais útil e necessário que ele. Mas ao mesmo tempo, é uma ausência total de incentivo. O infeliz passa o dia inteiro procurando o que fazer, senta no sofá, liga a TV, levanta, dá enviar/receber no e-mail, e quando dá a hora, corre prá academia. Qual o motivo de reconhecimento? O dinheiro do pai, e talvez a capacidade de manter um negócio fadado à falência por tanto tempo. Só. De resto, é visto como motivo de chiste entre os funcionários. De que adianta a fama no mercado se internamente não tem valor?
Sinceramente, me sinto mais capaz. Talvez eu não tenha o tino para negócios que se deve ter, mas pelo menos eu passo o dia em atividade e talvez até transmita uma imagem ocupada aos que me vêem. O coitado não. Mas, enfim, é daí que vem meu salário no fim do mês, então vou ficar quieta.
Desisti da ginástica. Esqueci todo aquele discurso "21-anos-é-downhill" e decidi ouvir o bom-senso. Mais um trimestre seria desperdício de dinheiro, coisa que já não anda tão em abundância. Então acabou, chutei o pau da barraca eu PA-REI de vez....(obrigada, Daniel, pode se retirar)
Devia ter outra forma mais barata de desenvolver os glúteos sem ter que levantar anilhas e bloquinhos de peso. E tem: A DIETA DOS PONTOS DO DR. ALFREDO HALPERN. Pare-me enquanto é tempo. Estou imprimindo essa coisa e já sei que não vou conseguir seguir à risca. Mesmo assim, é melhor que nada. E quem sabe eu não ganhe uma anorexia de presente?

Tell me when a kiss of love becomes a lie

EU SEI que você já chorou pelos lábios deste ser andrógino!
Early in the morning, risin' to the street
Light me up that cigarette and I strap shoes on my feet
Got to find a reason, a reason things went wrong
Got to find a reason why my money's all gone
But I got a dalmatian and I can still get high
I can play the guitar like a mother fuckin' riot
Life is too short so love the one you got
cause you might get runover or you might get shot
Never start no static
I just get it off my chest
Never had to battle with no bulletproof vest
Take a small example
A tip from me take all of your money and give it up to charity
Lovin's what I got
It's within my reach
And the sublime style's still straight from Long Beach
It all comes back to you you're gonna get what you deserve
Try and test that you're bound to get served
Love's what I got
Don't start a riot
You feel it when the dance gets hot
That's why I don't cry when my dog runs away
I don't get angry at the bills I have to pay
I don't get angry when my Mom smokes pot, hits
the bottle and goes back to the rock
Fuckin and fighting it's all the same
Livin' with Louie dog's the only way to stay sane
Let the lovin come back to me

terça-feira

Jenny, I've got your number
I need to make you mine
Jenny, don't change your number
867-5309


Adoro minha rádio de 1Hit Wonders!
Quem nunca deu esse número para despistar inconvenientes?
I got it! I got your number on the wall!
Acabo de aprender uma estratégia de voto para deixar o Maluf de fora. Porque Apfelsine também é política.
É assim: não vote no Alckmin, ele de qualquer forma vai para o segundo turno. Então vote no Genoíno, para aumentar as chances dele enfrentar o Alckmin, e assim deixar o Maluf fora da eleição. É meio óbvio, mas eu ainda não tinha pensado nisso.
Eu amo esse homem!
Pretensões à parte, tem horas que eu odeio sacar fácil as pessoas.
Chora cavaaaco!
O grito foi dado, e mal a menina saiu do recinto, pela mesma porta entraram mulatas emplumadas sambando de lado, a bateria e o apito incessante do puxador. Tumchicambumsquiriguidum...
Mais uma demissão.
- Essa menina é vampira - disse o bêbado ao me ver passar.