sexta-feira

Negação-ira-depressão-aceitação

Queria entender tamanho carnaval.
Bêl-aahmordideus! Bendito dia 30.
Cara de quem teve que se livrar de 1,1GB de MP3. O sentimento é de ter abortado um feto de 8 meses. Sinceramente, minha saciedade é igual a de uma criança com síndrome de down.

quinta-feira

Faz tempo que eu não falo do meu menino, né? Hoje faz sêis mêis...hihi
Ei, ver pontinhos coloridos e sentir nó na garganta fazem parte do inferno astral?
I might as well buy you a dominatrix whip and a gel-filled rink
A vida dá recompensas. Após uma semana de quizzes trágicos sobre Billie Holiday, agora vou à forra fuçando a vida do A-ha. Como diriam os modernos, super divertido!
"Eu não tenho os zoín mais bunitín que você já viu?" - disse ela com uma ponta de insegurança

quarta-feira

Fígado
De-leaver me.

[/piadinha imbecil]
Frustração: uma das poucas coisas que ainda não consegui lidar comigo mesma. Acredito que não haja coisa pior para me tirar do sério do que uma grande frustração. É fazer os planos, esperar e empolgar, para um fato pequeno destruir tudo. E o pior: o argumento era sensato. Sim, é fato que tá chovendo faz tempo e é fato que acidentes de ônibus acontecem diariamente nesta época. Mas quem disse que sensatez cura minha decepção? Queria minha mãe comigo, fazendo tudo o que a gente estava planejando há cerca de um mês. Não queria passar meu aniversário me virando para ter o que fazer. Isso não estava nos meus planos.
Talvez eu devesse não fazer tanto alarde por uma coisa que tem possibilidade de acontecer. A queda seria menor.

terça-feira

O Jornal Nacional está cada vez mais se tornando uma versão melhorada do Cidade Alerta. Corpos de defuntos, feridas expostas, especulações desnecessárias com o sofrimento alheio.
Como dizia a tirinha do Mad: "Você chegou a um estado de apatia quando consegue jantar assistindo ao jornal".
Wu-Tang Clan
Me equivoquei, eles não são como os rappers de nomes consonantais que vejo por aí. Bons, muito bons.
- Então você tá namorando? O Bill me contou.
- Tô sim... não queria que você soubesse desse jeito, mas, sim, estou, e estou feliz.
- Hum... minha namorada se chama Ana. Sabe o que isso quer dizer, né?
- Sei, sim, um belo nome.
Encalacrada na rotina. Me vejo assim, com milhares de coisas a serem feitas e o tempo bloqueando meu caminho. Voltei a acordar com fantasminhas na cabeça, e felizmente são assombrações reais. Há tempos não faço drama por possibilidades remotas. É a luz, o telefone, as providências, a vontade iminente de voltar a cantar "tudo em dia" e eliminar meus débitos com o mundo. São as mais de 90 perguntas a fazer, e as coisas a cadastrar e eu me embananando no tempo que passa voando.
O dia podia ter 30 horas, mas ao mesmo tempo, o dia 30 podia chegar mais rápido.
Ironia é poder ir para a cama às nove da noite e ter insônia até a uma da manhã.

segunda-feira

Sabe como eu estou me sentindo? Invadida por um grande exército de "capachões", que usam da minha complacência para fazer bonito com os outros. A mim restou baixar a cabeça e ouvir desaforos. Mereço?

sexta-feira

Deu oito horas e eu estou no trabalho porque quero. De umbigo de fora, sandália-suplício e camiseta da Legião (o cu de quem disse isso!). Abri a torneirinha de asneiras. Quizzes? Olha prá nossa cara, beibe! Quero mais é ler Contigo e comentar, fofoca por fofoca. Mamãe vem prá cá na terça e eu não quero contar o que a gente vai fazer, assim dá certo. Estou feliz.
A falta de assunto é decorrente do grande tédio que me assola. Ai, como eu queria ser interessante! Só sei falar de dieta e do meu aniversário - que a propósito será comemorado na Lôca, reino das esfregações. Vou ali prá Pinheiros, eu e minha sandália que pinica.
Fotolog é o caralho, o que pega é ser monstra!

Monstrolog: porque eu sou feia mas tô na moda.

quinta-feira

Drunkard Specials











Queria mandar um abraço forte e um "voxê é meu amigo mêxmu?" para a Gegé e a Telma, que me acompanham nestas baixarias.
Eu sonhei com você. Você me ligou para me agradecer por ter feito parte da sua vida e eu não conseguia disfarçar meu sarcasmo. "É, eu te agradeço pelo atraso, hahaha"! Você não se manifestou, ficou reticente e confessou que estava cheirando muito e que continuava com a menina, mas não te pareceu algo importante. E eu notei que você estava o mesmo bosta de sempre. Sabe que eu acordei melhor?
Me, myself and I
Fazia tempo que eu não me divertia com minha "caixa de artes".
Eu não queria soar psicada, mas, pô, ADOÇANTE? A que ponto cheguei?

quarta-feira

Abrirei um novo negócio, com minha parceira Juliana:
Uma barraquinha de sentimentos exacerbados. Vai ficar ali na Vergueiro, e a plaquinha vai dizer

"VENDE-SE TÉDIO E MAU-HUMOR.
TEM DE MONTE."


Com o tamanho do estoque, ficaremos ricas.
Eu disse: "Vamos almoçar juntas?"
E ela me respondeu: "Me liga semana que vem, porque hoje eu estou com a bosta no porrete!"

... e eu fiquei com cara de interrogação! Alguém me explica?
Acabo de mergulhar em uma bacia de alface e rúcula com molho italiano. Dizem que é isso que se chama dieta. Argh!

E de presente de aniversário, já aviso: Quero ir à Lôca me esfregar no Ferdi ao som da música da Christina Aguilera, de preferência, usando a mesma calça que ela!
Doeu um pouquinho, no fundo do peito, franzi minhas sobrencelhas no modo que herdei e dei um suspiro. Nisso veio uma vozinha no ouvido dizendo: "Não começa!", e eu entendi que esse inferno astral é que faz isso com a gente.
Ghah! Inferno...
Isso tem que parar de me incomodar. E talvez nem devesse começar.

terça-feira

Força de vontade é o que me falta. Do que adianta eu dizer que vou fechar a boca, se me aparecem pratos hiper-calóricos e convidativos na frente? Só me resta mandar a dieta à merda e dizer "amanhã eu recomeço".


Quem é musa, sai até na Revista do Rock!

segunda-feira

Thumbnail Craze



Estava me faltando:
- uma festa com relaxo e bebidas free para eu começar a falar na língua do x
- um banho com campeonato de air-guitar
- uma preocupação comigo
- uma preocupação alheia com o que eu faço
- um início de regime
Sabe que eu não gosto de reggae? Mas Toots & The Maytals merece meu respeito, talvez por ser um dub que no momento está me livrando do sono. "Country roooooad, take me hooooome". Ideinhas... Gosto de músicas com baixo que fazem dum dum dum bem rápido. Molotov. Bom para gritar. Agora vou fuçar a vida de Billie Holliday. Adoro quando eu não tenho que fazer quiz-boboca.
Eu uso salto. E de Pinheiros até o Itaim já foram três trupicos. "Aês, gatinha, você não anda, desfila!": Patatof! Já dizia minha sábia Nonna: "Quer ser bonita? Vai sofrer!" - e ela, do alto de seus 79 anos, continua linda.

sexta-feira

Chega, esquenta, arruma e lava, senta, tenta, corta, lixa, experimenta, bola, come, escreve, risca, lê, molha, seca, enrola, esfrega, limpa, pinta, retoca, seca, escova, delira, canta, deita e capota.
E com vocês.... o dicionário Português-Tatuianês! Um oferecimento da Bisteca do Caipirinha, em parceria com Mana Laura

Pavor: (pa.vôôôrrr) Radical, bacana.
Ex: O carro do Luiz ficou pavor com a Roda Aranha!

Ferinha: Legal
Ex: O Pelego é feriiiiiinha!

Calcule: (car.cú.lê) Imagine
Ex: Carcule só que a neta da Budu tá de bucho?!

Arre: pt.comp. de arre égua, interjeição de espanto ou pena
Ex:Arre... não fale assim dele...

Jóia(chó.i.a) Cumprimento informal

Desacorçoado: Triste, desiludido, decepcionado
Ex: Tô desacorçoado com a Dona Alzira...

Do que que há de: (do.que.qui.á.de?) Por quê, para quê
Ex: Doquequiáde ele fazer isso?

Socado: Cheio, lotado
Ex: Ontem o Alvorada tava soooocaaaado de gente!

The night: Balada, festa, sair
Ex:Vâââmo pras The Night!!!

De cuén, de fianco: (co.nhém, fi.ân.co) De viés, na diagonal
Ex: Ele caiu de fianco no meu colo!

Pialo: Tapa
Ex:Te lasco uns pialo na orêia!

Do Povo: apelido complementar dado às biscatinhas
Ex:Olha, lá vai a Fernandinha do Povo

Ó:Saudação formal dada aos mais velhos
Ex:Ó, seu Ito!

De + marca do carro: Apelido dado àqueles que gostam de “apavorar” o carro.
Ex: Marcelo De Gôr

Corneta: Fofoqueiro, que fala demais
Ex:Ih, lá vem o Mário Corneta!

Em breve, um guia gastronômico da pequena Cidade Ternura.
Prá que viver o sofrimento se ainda nem cheguei à tragédia?

quinta-feira

Earth, Wind & Fire - September
ABBA - Voulez-Vous

A tarde está vestida de franjas e usando um patinete. Chamem a Charo!
Por maior que seja minha paixão por Billy Corgan, eu não posso ficar sem admitir que Zwan é uma continuação de Smashing Pumpkins, com outros integrantes. E também que tá na cara que quem escreveu "Malibu" do Hole, foi o dito cujo.
Don Corleone é o caralho, meu nome é Nair Bello, porra!

Uma homenagem das pastilhas Valda à minha voz.
Entra um homem alto no escritório. Olho prá trás e qual não é a minha surpresa? "Meu ex-cunhado!" Olho para ele e aceno com a cabeça. Ele não vem falar comigo, mas me sorri. De dentro da sala de reunião ele não tira os olhos da minha mesa, então eu movo os lábio dizendo " E aí?". Ele me faz um jóia e sorri mostrando os dentes. Opa... não, não é ele. "Droga, sabia que ele não ia deixar a barba crescer! E quem disse que a gente atende advogados aqui?" Com o rosto quente, parecendo um tomate, viro para a tela do computador e não ouso mais olhar para o lado.
Por que todo nerd-gordo-com-tendências-psicopatas é aficcionado por Stephen King?

quarta-feira

- Eu sei porque você não me quer.
- É mesmo? - molhava calmamente o sashimi no shoyu
- É. Você tem medo.
- Hum. - ele prosseguia
- Medo, sim, eu sei, minha irmã me falou. Você tem medo porque eu sou rico. Olha esse extrato da minha conta: 6 paus por mês!
- Sei.
- E eu sou inteligente, não sou?
- É sim.
- E bonito. Eu me considero um cara bonito. Um mestição. Cê não acha?
- Nhumpf. - enfiou um sushi inteiro na boca para não ter que responder essa.
- Não me quer por quê?
- Sei lá, não me decidi... Olha a conta.
- EU PAGO! Porque eu sou rico, sou lindo, um tesão
- Tá, paga.

E ele continuou sem saber porque ela não o queria.
Hoje na hora do almoço eu sofri, ardi em febre e me auto-sabotei um pouquinho. Admiti o que me incomoda, a minha inveja - e que não é nada boa, a minha atual incapacidade de colocar meus pensamentos em uma linha e concluí-los. Mas aí eu desisti do drama porque devia ser coisa da febre.
wide open eye
you serious?
you delirious?
kissing chaos
have you got a heart?
you could really lose it in the
super - people - mart
you are the most beautiful thing i know
and the most beautiful thing is
when i hear your heartbeat...beat...beat
will human be dumb and free
or some amazing catastrophe
never too scared to bare
to care to running to the riot
where the moment meets
the most beautiful thing i know
and the most beautiful thing is

something new i dunno why
i know all there is i know
A melhor surpresa do dia foi ter sido acordada por uma voz no ouvido que me dizia coisas que eu queria ouvir.

terça-feira

- Van... assim, eu precisava saber se vocês vão fazer alguma coisa em relação ao meu contrato.
enquanto isso, pessoinhas vestidas de NÃO dançavam na minha cabeça...
- Ai, menina! E não é que eu esqueci? Vamos renovar, sim!

Alívio...
Acho que aprendi. E ganhei uma ótima recompensa!
Por que as pessoas vêm a mim para dar notícias ruins sobre elas mesmas, com um certo tom de sarcasmo? Que desconcertante!

segunda-feira

Um dia eu tive a infelicidade de dizer que queria ter um trabalho bracal que não utilizasse meu cérebro. Hoje eu ganhei este trabalho. Falo com dificuldade porque parte no meu cérebro já travou.
Uma hora ou outra as pessoas acabam revelando que fazem merda, sim, mas a revelação vem sempre com um tom de mea-culpa. Óbvio, o drama faz parte da negação do erro. Azar, a mim restou o sorrisinho no canto da boca e o pensamento de que não farei o drama acabar, e que a partir de agora, erros admitidos, tenho maior liberdade para julgar.
Ainda bem que tudo melhora. Melhora. Melhora sim.
Sábado foi dia de Hopi Hari. O parque é bacana, superou expectativas em partes, principalmente por não ter tido fila e a comida não ser lá tããão cara assim. Mas a Montezum, ô diabo de montanha russa péssima, sacolejante e com as "taubas" soltas. Sem contar que com tanto sobe, despenca, vira, bate eu fiquei acabada. Tudo pelo bem do PGE.

sexta-feira

Humpf...
Como se não bastasse...
Eu não devia ouvir músicas como essa quando estou com uma séria propensão a chorar...

quinta-feira

Apesar do clima infernal, é ótimo brincar de massinha no fim do dia.
Take a bottle, drink it down
Pass it around...
Baião de dois com carne seca e cerveja.
Acho que sei agora a origem da palavra suadô.
Um alguém achou umas fotos de outro alguém, que um dia foi importante para este terceiro alguém, e tirou muito sarro. E eu? Tenho a ver com alguns alguéns da história, mas estou rindo aos montes.
Inferno - filial.
Me procure por lá.

quarta-feira

The Slits

Peguei por acaso e gostei. Serei apedrejada se disser que é um The Clash feminino, guardadas as devidas proporções?
A brincadeira se chama "o dia que você me fez feliz". Pense em alguém e no dia que esta pessoa te deixou mais feliz. Ótimo modo de selecionar amigos.
Começou assim:
Eu cheguei no trabalho faminta porque em casa não tinha nada decentemente comestível. Minha fome era específica: pão de queijo e suco com pó-de-guaraná. Cheguei aqui e não achei o telefone da Casa do Pão de Queijo. Site: nada. Secretária: nada. Itaim.com.br:nada. Lista OESP: nada. Filial da porra do lugar: "olha, a hente não temos nãããooo". Enfim, acabei pedindo alguma coisa no JotaCaro aqui do lado. Inferno.

Renatinha, que porra de pge você fez, que não cuidou dessa parte?

terça-feira

Em tempo:

Um planeta escroto passa a reger meu signo este mês. Meu inferno astral começou dia 2...

Um novo teeeeempoooo....
A vida é um palco - What if Jeez smoked cannabis?

Leia a notícia e veja o comentário.

Apfelsine (04:36 PM) :
poisé! jesuisão fumêro!

Tulio (04:40 PM) :
por isso que ele quis multiplicar os pães....
lariquento
Por Deus, alguém me faz parar de ser babaca?!

segunda-feira


Orange MC's
Escaparam de dentro de mim
a paranóia, mania de sempre-alerta desnecessária que me mata
os ouvidos às criticas paternas
a má-vontade - mas não, oh, nunca, a preguiça
a veia publicitária
o desleixo com corpo e mente

Jeito pedante de fazer minhas resoluções.
Queria voltar a ter a sensibilidade ao toque de uma adolescente. Na época minha cabeça era errada.
Hable con ella

Lindo, triste e inusitado. Mereceu minhas lágrimas.


Ótimo policial, estou quase no fim.
Considere hoje o dia de minha volta
O que postei ontem não fez sentido porque deixei algumas idéias de lado e o teclado era duro, o que reduziu minha paciência à metade. Mas estou aqui, ouvindo Remedy, tomando uma carcada disfarçada de comentário do meu ex-chefe e fazendo planinhos. Nada de resolução de ano novo, mas algumas percepções se tornaram mais claras com essa viagem ao mato. Uma mudada vai bem.

domingo

Rafard: Cidade erguida por franceses no interior de SP, vive do cultivo de cana e criação de gado. É quente como o inferno, e eu nunca estive lá. As pessoas não tomam coca cola.

Pousé, foi lá que passei os últimos dias de 2002 e os primeiros de 2003. Euforia, calor, culinária aos montes, lotsa luuuv, livro ótimo, game boy and so on.
Fotos em breve.
Queria ser algo mais do que um misto de servilismo e boas formas. Queria sair do Slot mode, a verruga na bunda, fica ali escondida porque se for mostrada vai causar desconforto. Você tem alguma dúvida do mal que isso me faz? Quero muito, e sempre, e talvez isso seja até bom a longo prazo, mas na hora que a coisa bate, eu fico me sentindo o cu do pato. Queria que parassem de me tomar como imbecil, cega e desligada. Eu sei mais do que parece, só que eu formo uma trincheira com os fatos para não explodir de vez. Tá lotando, tá entupindo, eu sei que uma hora voa a merda, mas eu prefiro continuar covarde.
Tô "si sentindo"!