sexta-feira

Eu ri, eu ri, eu ri. Ri da bananeira, do código-maconheiro dos comerciais de TV, do povo que come barata pelo ídolo, pela sugestão de ter um show humorístico.
Ando num humor muito Molico...Tudo é lindo, engraçado, saudoso, destino, mulherzinha.

quinta-feira

Orgasmo com textura caramelo
Sol, cuidado-mãe e dar um pique logo cedo.

trilha sonora: shined on me

quarta-feira

Não tô conformada ainda... aparelho aos 22 anos é de fuder! Lembro imediatamente de algo que eu ouvi sobre perder os últimos anos em que eu posso ostentar beleza e juventude com um troço daqueles na boca.
Cheiro de comida, do que eu imaginava ser "morar em São Paulo". Cheiro da cozinha da minha avó. Sexta-feira, pais saindo, kibe-esfiha-coalhada e cama, com barulho de automóveis, luzes na janela e brigas no bar de baixo. Quando eu era pequena, sonhava em morar aqui. Achava que toda noite seria de trânsito iluminado, vento na cara e sensação de 'casa': eu ia chegar, ligar a tv, por pijama e ir dormir quando acabasse a novela. Via tudo aquilo com tamanha sensação de conforto, que mal podia esperar para passar na faculdade. Até hoje não tive essa sensação. Chego em casa, rodo, rodo, procuro o que fazer e me incomodo ao deitar.
Acho que a sensação incluía o colo da avó.
Os males e bens que o blogger já me fez:

Eu tenho amigos conhecidos por blog: Ana, Gabi, Juliana, Fabio... meu namorado também.
Eu penso em forma de post.
Eu fui apresentada para alguém por endereço de blog (?).
Minha mãe descobriu uma mentira minha pelo blog.
Eu já contei coisas absurdamente desnecessárias aqui.
Eu já fui babaca e alma-gordinha (e com freqüência).
Perdi meus arquivos em uma hora bem conveniente.
Apaguei os outros.
Leio a vida de gente que nem imagina, sou altas stalker.
Já briguei/falei mal por blog.
E, por fim, não pretendo terminar isso tão cedo.
Cidade Jardim. Augusta. Consolação. Paulista. Ladeira da Peixoto Gomide. Nove de Julho. Fernão Dias.
Tudo isso agradecendo por não ter saído de salto logo cedo.
Porém malogrando a "chinela" baixinha.

E HAL9000 comenta:
"Ma pusque você não usa aquele tamanquinho da dijean que eu te dei de presente?
Tem aquela sapatilha moleca também que é a sua cara!"

terça-feira

Agora? Agora eu vou encontrar o Jorge, distribuir portfolio e beber cerveja falando de gente chiiiique.

Nada de tardes de Márcia Goldschmidt.
Horny (horny horny)
Horny in the morning
Minha Potranca é alma boa! Ontem a cidadã ternura veio me buscar no escritório com toda a patota: Buzinho, Sílviamm e Guto. Mesmo no aperto vocês são DELÍRIO!

segunda-feira

O lado bom, já bem cantava tia Zélia, é que eu sou a filha maaaais mimada do mundo!
Fazendo a Zilda Arns:
Já que meu drama foi exposto, agora peço ajuda. Divulgue este lindo portfolio e ajude uma redatora a não passar fome. E aproveite para dizer que o namorado dela é um designer foda.
Prá piorar, cada vez mais eu tenho a impressão de estar sendo passada para trás.

Prometo, esse é meu último lamento-chato-demissão-vida-bosta.

domingo

Ontem me senti uma peça de decoração que podia ser muito mal interpretada por só gostar de absorver conhecimento.
*dou de ombros*
Obrigada pelas mensagens. O fato é que eu já estou mais conformada. [poliana mode] Eles não iam precisar de redação, então a gente tinha que sair mesmo. [/poliana mode}. Foda-se. Agora é fazer o que se desenrola na minha frente e prestar atenção naquilo tudo que antes eu dizia não ter tempo de fazer.

sexta-feira

Eu não sabia o que ia mal, então vieram me contar:
DEMISSÃO.
Curto e grosso. Cai fora.

Deve ser por isso que minha pimenteira tá sequinha.
Às vezes eu até penso que sirvo para alguma coisa.

Constatações pós-manhã caridosa e prestativa.
Algo parece não estar bom, mas não sei dizer o que é. Tudo anda bom ultimamente.

quinta-feira

You've got me so confused when you used me so well
It amazes me how far you push and how far I will allow
Take my heart now stomp on it till it will not beat no more
Then you kiss me while you put it back in and ask me why my chest is sore.

Screen Saver Dub

Aqui.
Um beijo na bochecha de quem corou as minhas.
Tô fazendo um teste-umbigo: vou colocar comments por uma semana. Minhas verdades incontestáveis estarão abertas a julgamento alheio, e é bom que os leitores se comportem de maneira decente. Quero ocupar minha cabeça com um vício, então que seja esse de checar os comments a cada cinco minutos. Zhion, me aguarde no Blogueiros Anônimos!
E a novela do vídeo? Meus casos com eletrodomésticos a partir de agora passam a ser só de mutilações casuais, já que terminei meu conturbado relacionamento com o velho trambiqueiro da STTV. Tenho um novo vídeo e menos ódio no coração. Os barracos matutinos são sempre bem-vindos. Agora, um aviso à cumunidade:

Se você mora na Vila Mariana, por favor, não caia na tentação de limpar os cabeçotes de seu vídeo de graça na assistência ali na Joaquim Távora. Fica ao lado do Barxaréu Grill e do pet-shop, e tem uma placa na frente dizendo "Aqui sua palavra vale!". A minha bunda! O impiastro quebrou meu vídeo e, entre idas e vindas, o caso se estendeu por quase sete meses! Finalmente, consegui pegar um vídeo novo, mas até nisso o cara quis me passar para trás, enrolando na entrega e me tratando com ignorância. Foi o velho "barato que saiu caro", se bem que eu não perdi dinheiro com isso, só paciência. Então, já sabe: stay away from STTV.

se o post parecer desconexo, leve em consideração a Avaliação do Mansur.
Respostas que devem ser dadas quando se tem um blog:

- Sim, é KELLEY Deal, irmã da KIM. Parem de me atormentar.
- Jorge, pare de resmungar. Olha só, galerinha danada que é fã do meu blog, quem fez o texto da fotonovela foi ele, tá!?

Ok, recados dados.

quarta-feira

O dia em sensações

Carinho e fungadas, sol que queima, risos, enjôo de letrinhas, silêncio, riso compartilhado, voz, saco cheio, paciência, irresponsabilidade, pressa, concentração, sarcasmo, preocupação, sentimento materno, criatividade, saudade, contrariedade, cansaço.

Saldo final positivo.
Eu gosto da carência alheia, por que com ela eu extermino a minha.

E na escala de doçura, eu sou um concentrado de molasses.

terça-feira

Cheguei à conclusão que eu tenho um certo número de histórias engraçadas para contar, e não as conto por preguiça. Tipo a da amiga que chorava de grito ao ouvir Wuthering Heights cantada pelo Angra, ou a do célebre Ivo Raspa-Saco. Pergunta ali pro Bu se ele não morreu de rir.
Barangando na Fbiz
uma fotonovela da alma gordinha


"Ai ai, lá vou eu depois de uma noite intensa de sexo com desconhecidos para mais um dia de trabalho!"


"Gente, que divertidíssimo! Sabe esse desenho no display? Fui eu que fiz! E o meu chefe falou que estava ma-ra-vi-lho-so, e que eles iam fazer um display dele só para me agradar"


"Ai, não acredito que esse cara está mandando e-mail pra mim de novo. Tipoassim ele é o MAIS BONITO da faculdade, mas eu passei dessa fase, sabe?"


"Já dei fora nele não sei quantas vezes, mas não adianta. Acho que eu sou irresistível!"


"Fora que o pinto do melhor amigo dele é muito melhor, tem mais ou menos isso de diâmetro"


"Olha esse meu shot de perfil! Tinha que ser o Nando prá acertar tanto assim!"
Se não fosse um estagiário playba que já fez um cruzeiro pelo Caribe e tem noção do que é papiamento, o Hopi Hari se chamaria algo como "Planeta de Diversões".
Por que todo homem de seus 50 e poucos anos usa termos como 'bixo' e 'puta' a cada três palavras, esquece o que está falando no meio da frase, e fala de seus clientes como se fossem "amigos da malandragem"?
O assunto do jantar era Breeders. Nando diz:
- A Kelley Deal uma vez foi presa por tráfico de drogas.
Nessa hora eu virei o gelo do whisky com o dedo, acendi elegantemente um free, cocei meu mullet branco e cruzei as pernas me recostando no sofá:
- Então ela era a Kelley "Dealer"?
Com isso ganhei o Leão de Ouro em Cannes.

Tem horas que eu odeio me sentir um velho publicitário.

segunda-feira

Join Us!

Enquanto isso, no ICQ...

tic tac toe jam (04:31 PM) :
e não vale ser uma meiguinha que pesa em ARROBAS, hein?
Apfelsine (04:31 PM) :
ah, seu burro, eu peso em arrobas, vc pesa em arrobas. Eu peso 3 arrobas
tic tac toe jam (04:32 PM) :
Tá bom, "SAMANTA SEMÂNTICA" quero dizer, ela tem que ser atraente e não causar atração-gravitacional!
A cegueira para com o resto do mundo é digna de muita pena. Quem se põe cercado de paredes de perfeição não vê que forma opiniões erradas sobre alguém que não merece tal julgamento. É muito fácil sentar no rabo para falar do do próximo.

não venho a ensinar o mundo com isso, é uma constatação muito velha. mas se aplica, e como.
O Tramp Club é o lugar para encontrar aquela pessoa que você está combinando de sair há algum tempo e nunca dá certo. Bom.
Toda vez que eu procuro, eu acho. O problema é achar o que eu não quero.

sexta-feira

Deixa eu ser chique? A gastrite me fez pedir sushi de almoço. Antes isso do que fome.
Ontem eu brinquei de "Teste seu Delineador".
Hoje cedo a brincadeira era de "Johnny Quest" e eu fiz o Bandit.

quinta-feira

Asnos da Família - Uma novela de Manoel "Helena" Charles

A apaixonada Mônica Helena tem sede de viver a vida após o triste fim de seu romance com Marcelo Bola Oito. Disposta a tudo para ser feliz, ela se aconselha com a rebelde Beatriz Helena, sua prima.
- Ah, Bia, você que entende melhor dessas coisas, eu queria te fazer uma pergunta do fundo do meu coração.
- Mandaí, mana!
- Eu... er... bem, eu quero ir a uma festa à fantasia com mais oito* amigas, vestidas de arco-íris. Você acha que nos tratarão como lésbicas?
Beatriz engasga com seu amendoin japonês:
- Cof...cof... er, Mônica, eu realmente não sei. Depende se você vai só assim, ou se você pretende agarrar mulher também.
Mônica não se percebe** e vai se aconselhar com a prima mais velha, Priscila Helena.

Pausa para o intervalo.

* o arco-íris para mim tinha sete cores
** adorei esse termo, Jorge!
Foi bom lembrar os apelidos da adolescência - Nariz, Pé na bosta, Rrrrocha -, contar sobre os semi-mongolóides da escola, das festinhas de fim-de-ano - minha fantasia de metalóide com coreografia para "Maria Madalena", o ranho seco do Viktor - e enumerar xingamentos pueris - ârdi dârdi, mortaNdela, fshhhh....

Eu já fui má, mas também sofri na mão dos delinqüentes.
"Além do mais" é uma expressão que eu não usava há anos.
Acho que começo a entrar no ritmo dos picos e baixas.

Tô intendéindu

quarta-feira

Ele é como um pentium II: tem muitos recursos, mas não roda.
Você quer me fazer feliz? Assim, dando gritinhos e tudo mais? Então anote esse nome:
Red Letter Days - Wallflowers

Compre, grave, baixe, roube, pode ser em k7 mesmo, mas me faça feliz.

terça-feira

Músicas para ficar feliz
recomendado por Tulio Inoue

Praise Cats - Shined on me

I've got peace deep in my soul
I've got love making me roll
Since you opened up your heart
And shined on me


By the way, hoje o amigo Pedro di Santi vai contar para esta platéia o que é que a baiana (no caso, eu) tem.
Posso passar o dia suspirando?
Obrigada

(beijada, acariciada, cuidada, banhada, cafunezada, metida, fotografada, massageada, observada)

segunda-feira

Eu queria ter a sutileza do Dave Matthews...

"Hike up your skirt a little more
Show the world to me..."


(EI! Isso foi uma ironia!)
Newt não conseguia tirar os olhos dele.
- Foi construído por um antepassado meu – disse Anathema, colocando as xícaras de café na mesa. – Sir Joshua Device. Deve ter ouvido falar nele, não? Ele inventou essa coisinha de balançar que tornou possível construir relógios precisos e baratos. Batizaram com o nome dele.
- O Joshua? – perguntou Newt com pé atrás.
- Device.
(...)
- O dispositivo foi batizado com o nome e alguém? – perguntou
- Ah, sim. Um bonito nome de Lancashire. Da França, acredito. Vai me dizer que nunca ouviu falar de Sir Humprey Gadget...
- Ah, qual é...
- ... que inventou um gadget que possibilitou bombear a água para fora das minas inundadas. Ou Pietr Gizmo? Ou Cyrus T. Doodad?



Acho que nunca ri tanto com um trecho de livro!
Momento Spice Girls

G'bah, my friend Cleivis!



Para quem não identificou, esta é a pirâmide da Fbiz. Eu estou na terceira fileira, sou a quinta pessoa, de botinhas e roupa listrada. O equilíbrio vem da tia da limpeza, que carrega todos nós.
I DID IT

Saltos confortáveis com band-aid são muito bem-vindos.
Eu IA deixar claro que não tava com saco de escrever, mas a segunda feira faz cada coisa comigo... Minha mõe veio e eu aproveitei cada minuto do saco dela para ver se me livrava desse humor canino. Adiantou. O negócio foi o seguinte: saca pânico? É, panic shmanic. Sinto admitir, mas não se treme e chora compulsivamente aos gritos por no apparent reason. Da primeira vez, admite-se a surpresa, mas da próxima já posso ter controle da situação. Químico, puramente, putamente químico. Um saco. Medo e paranóias galore. Parece que passou. Pedro dirá.

sexta-feira

hold my head
we'll trampoline
finally through the roof
on to somewhere near
and far in time
velouria
her covering
travelling career
she can really move
oh velveteen!
my velouria, my velouria
even i'll adore you
my velouria
say to me
where have you been
finally through the roof
and how does lemur skin
reflect the sea?
we will wade in the shine of the ever
we will wade in the shine of the ever
we will wade in the tides of the summer
every summer
every summer
every
my velouria
my velouria
forevergreen
i know she's here
in California
i can see the tears
of shastasheen
my velouria, my velouria
even i'll adore your
my velouria
De volta aos 16 anos, verão, carnaval, Tatuí, Zé.

I gotta girlfriend, she goes to art school
I gotta art school girlfriend yeah
I gotta girlfriend, she gotta girlfriend
We gotta girlfriend, girlfriend gotta go
She left her home from sweet Alabama
Rose Alabama for the city, New York City yeah
I told you five or four times
I gotta girlfriend, she goes to parties
Underground parties, Andy Warhol everywhere
She wears the leather, I wear the makeup
We'll never break up, been together for a month
She left her home from Sweet Alabama
Rose Alabama for the city, New York City yeah
I told you five or four times
Hoje, só música!

quinta-feira

Ri um pouco mais, admito que está passando. Evito me pegar sozinha pensando, uso o método da ignorância racional. Aliás, conselho dado hoje cedo, é melhor eu voltar a agir como Alfred Newman mesmo. Pensar menos, espairecer mais. O agravante TPM foi eliminado hoje, vamos ver como eu fico. No mais, banhos frios, massagem no cabelo e carinhos-young são sempre bem vindos.

quarta-feira

Sala de aula na faculdade de Catanduva. Enquanto a professora dá a matéria, uma aluna pinta as unhas do pé com cores "de gente simples". A professora percebe e diz:
- Querida, na próxima aula traga as panelas para arear!

Claro, a professora não era ninguém mais que minha ídala Graça Vader!
Eu sei lá o que eu sinto. Parece que passa, eu rio e logo me vem o calombo na garganta novamente e a vontade de chorar. Preciso ser pisada com gentileza, ou caio em lágrimas. Tudo, tudo. Mas nada de motivo. Me confunde, afinal, prá que tudo isso? E sou ignorada nas minhas vontades porque começo a exigir muito de tudo. Eu queria entender, mas não tenho licença para clinicar e diagnosticar essa porra dessa encheção de saco interna. Incomoda, oras! Preciso de carinho na cabeça e paciência, por um dia. Eu prometo que vai passar.
Ele é fino, irritadinho e meu enteado. Ele é Zhion, agora de domínio próprio! E este é o meu presente de aniversário:

terça-feira

Apaguei a luz da senzala às 9 da noite e declarei "Noite Oficial do Banho Quente como Ponto Alto". Que nada! Primeiro ganhei uma caixinha de produtos de beleza dada por um animal tostadinho. Logo em seguida, ganhei copos, aqueles, os quebrados na Copa, e uma visita curitibana. No fim, o banho quente foi rápido, a janta não existiu e no meu estômago entrou mais cerveja. Me fez esquecer.

segunda-feira

Minha nêga faz a melhor declaração de aniversário!

obrigada Deus
obrigada dona Bonduki

por esse IMPÁVIDO COLOSSO chamado Bia
"É minha neta, sim. Mas é óbvio que eu sou um Rodolfo Valentino perto dela."

Descobri que parte dos meus surtos vem da abstinência de ar interiorano no sangue. Preciso da rua vazia, do barulho de matraca do vendedor de biju, do sotaque carregado.
Zweiundzwanzig

Domingo cedo, sol e iogurte, nua na sala, tentativa de customização, correria, calor, Liberdade, Sushi Yassu, smiley faces, perversão aos montes, mais calor e falta de ar, filme e preguiça, Lôca, cerveja, todinho, smirnoff e tudo mais que eu não lembro, pogo na pista, amigos, sorriso largo e pensamentos desconexos. Blue monday, escrevendo tudo em russo.