quinta-feira

sou uma mãe de filho tonto. só eu acho graça, só eu vejo sentido. só eu me envergonho prá mim mesma. só eu fico sorrindo besta. cada um escolhe a felicidade que quer, né? - ou - idiota não tem tédio.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial