quinta-feira

Entre as coisas que mais me torram a pacênça ultimamente, está o maldito referendo e seus eleitores apaixonados. Milhares de e-mails de gente falando ?ah, eu voto sim?, ?eu hein, eu voto não?. Milhares de e-mails que, vale lembrar, eu nem perguntei.
Vamos voltar ao básico? Quando eu era pequena e meus pais iam votar, ao primeiro ?votou em quem??, meu pai já dizia que voto era secreto. Assim como eu não quero saber qual o sentido que você se limpa, também não quero saber se você vota sim ou não ou no monteiro lobato.
E por fim, acho que toda essa manifestação nada mais é uma vontade coletiva de se mostrar interessado nos affairs do país, sendo que até ontem neguinho não tava nem aí se tinha gente morrendo de pipoco na favela. Então não torra.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial