terça-feira

O encontro com Michael

Aniversário da peste, 25 anos de ANACLETIERENSICH, ele indo embora no very same day, resolve comemorar no Unique. Tremi nas base. Porra. Só porque ele agora trabalha na Siemens e vem pro Brasil curtir a vida, eu tenho que pagar? Bom, fez-se o milagre da multiplicação. Taças de prosecco e nenhum centavo a menos no bolso, além de propostas de trabalho dos dois amigos dele. Um deles até conhecia uma boa bisca manezinha, vejam vocês.
O Michael surpreendeu. Um palhaço, de marca alemã. Um sarro. O mesmo olhar bobo do menino que afundava os pés da jacuzzi que a gente costumava invadir à noite. Adorei o reencontro, e é uma pena ele ir embora assim, tipo, daqui umas 12 horas. Tomara que ele volte para pegar as moolattas que não pegou na crack-o-lándia.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial