segunda-feira

adonai, a máscara caiu.

toda vez que eu tenho um fim-de-semana fora de são paulo, longe da realidade-merda, eu volto com milhões de elocubrações feitas. principalmente se, ao voltar, eu já der de cara com más-notícias e encheções.
na sexta, apesar do nervo, o show foi ótimo. não estava cheio, mas tinha gente rindo, amigos presentes (poucos e bons) e eu acho isso importante. e o after também foi ótimo, com nossa mascotinha contando suas hisórias bizarras.
depois brasíliam, e a dor na barriga de tanto rir. adonai, pia, o gato tá loko. impressionante como cada viagem traz uma série de termos que serão a coqueluche da estação do momento do verão 2007. me lembrou um pouco quando eu passava férias em tatuí, e depois voltava praquela desgraça que era são roque querendo morrer. aliás, me lembrou todas as vezes que eu saí de são paulo e voltei me arrastando. trocava dois sacos de mosquito da beira do lago de ontem por uma hora de trabalho.
uma hora eu tomo coragem, uma hora.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial