quarta-feira

é óbvio que eu já estou viciadíssima na nova novela. assim, de deixar pra comer nos intervalos, sabe? já era de se esperar. não obstante o vício de praxe, tenho cá minhas críticas mui necessárias a fazer.
a primeira é a onda de bocas-sujas e pretagils que contaminou o elenco. só se fala em sexo nessa novela, sexo, safadeza, baixaria e nheco-nheco. se já era constrangedor ver a natália do vale pagar de tarada na novela anterior, agora já virou piada. até a vagina duarte tá tendo vida sexual; só não me mostrem o casal global em momentos íntimos, obrigada!
e o josé mayer no 19o. papel de garanhão infiel e grosso? grossa tá a pele dele, ele tá velho gente! e a anapolaroid fazendo a liberal ar-ti-cu-la-da? não, pior, casando com o celulari que, não importa o papel que fizer, vai sempre ser o tonto. tonto e ponderado, o nosso tiozão.
agora o que eu gosto do maneco é a capacidade de sempre colocar uma vassala sidekick para cada protagonista. a velha "amiga da vera fischer". sabe? nessa é a elisa lucinda; é bonitinha, tem bons conselhos, um namorado meia-boca, é mais feliz com ele do que a própria protagonista, mas não sai do modo "comer pizza e tomar um choppinho". e essa veio com o jargão "mamãe já dizia", hahaha. no primeiro capítulo já tomou uma bordoada da vagina duarte, "toda mãe diz isso!".
essa novela tem tudo pra ser de lascar, e é por isso que eu não vou perder um capítulo.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial