domingo

Levando em conta o primeiro post do ano, se eu passar o último dia do ano trabalhando, isso não quer dizer que eu vá ser rica em 2007. E é por isso que eu vou considerar o dia de hoje como o que eu quero fazer ano que vem: achar um clube com piscinas aquecidas por cinco dólares, jantar pizza de peperoni com cogumelos e cerveja red ale ouvindo pixies no bar mais legal do mundo e voltar a roubar conexão dos vizinhos comedores de cachorro.
Por enquanto, é isso que eu posso chamar de felicidade.

quarta-feira

hoje eu fiz minha primeira visita ao hospital local. tava andando num shopping aberto com minha irmã, quando uma estalactite de gelo caiu na minha testa. na hora, parecia que era o SPF sendo atirado contra mim, e eu achei que minha cabeça tivesse rasgado. minha irmã foi pegar salmoura num restaurante e, quando vi, estavam um bombeiro, a gerente do shopping, dois policiais e dois paramédicos em cima de mim. o bombeiro repetia que eu devia processar o shopping. a gerente me deu o cartão e falou prá eu mandar a conta do hospital. os dois policiais foram até meu emprego avisar minha chefe que eu estava em observação e não poderia trabalhar e os paramédicos me encheram de perguntas idiotas (nome, idade, dia, mês e ano) enquanto me davam uma bolsa de pedras de gelo - HOW IRONIC! - para eu evitar o galo que ia se formar.
na hora eu não quis ir de ambulância até o hospital, porque era um pouco demais, mas no fim da tarde, com um olho caído e uma dor-de-cabeça insuportável, acabei me rendendo a uma tomografia. nada de mais, nenhuma hemorragia querendo se formar, nenhum traumatismo craniano. era só dor nos cornos mesmo.
e eu, que adoro um dramalhão, nunca fui tão bem tratada na minha vida!

segunda-feira

feliz natal

o aprendizado dessa viagem será, além de manter as mãos hidratadas e prevenir rashes, "saber a hora de falar e de calar". só dou fora.

jorge, ontem eu atendi a melanie griffith. eu dei um jeito de proferir "working girl" enquanto embrulhava as compras dela.

o jantar de véspera de natal foi lindo, veio um monte de gente, uns sulafricanos, uns argentinos - no fim da festa, porque argentino adora aparecer quando tá todo mundo de pijama - e teve um cardápio naturalista de meninas que chamaram meu frango de bicho morto, mas a botinha, ó, couro puro. a cerveja era bud, a gente peca. ainda bem que minha chefe é uma cristã que usa brincos com motivo de natal, e por isso hoje eu estou em casa, cuidando da desidratação.

sexta-feira

na mesma noite do karaokê com mariah (relatado com detalhes aqui), eu recebi a cantada mais bonita da minha vida.
a cena era a seguinte: num balcão, eu, andrea e um senhor, que escolhia uma música para cantar. ele estava em dúvida e eu sugeri "ring of fire". não tinha, então ele foi cantar "always on my mind". na volta, eu e a andrea já estávamos bem bêbadas, porque o barman era o dono do lugar, e ficou enchendo nosso copo sem a gente ver, e dando shot de jaggermeister, que eu nunca tinha tomado e achei lindo. bom, aí ele voltou e a gente cantou "bohemian rhapsody", junto com o bar todo. aí o cara sentou do meu lado, fedendo barro e falta de banho - notem, ele era certamente mais velho que meu pai, e obviamente um trabalhador da construção civil -, e me disse:
- i can get you started. we can be sonny & cher if you admit you're a singer.
estou marcando casamento com ele para semana que vem, pessoal!

terça-feira

Ontem foi minha primeira night out, num bar que cobra $13 pra voce beber a vontade e toca Bon Jovi e Tears For Fears. Ou seja, Ivi, voce teria adorado, nao eh mesmo? E eu tambem. So que o fato de ter que abrir uma loja as 9h30 fez com que os proletariados da casa voltassem antes. Mas foi legal. Toda parede tem um degrauzinho pra voce dancar pra galera, ou fazer o passo "so linda", dancando de frente pro espelho. E um sulafricano veio falar comigo e ai eu perguntei se ele era gigolo e ele se ofendeu e mandou eu pegar um drink. Oh well.

E eu tenho um roomate incrivel. Ele passa no meu trabalho com 5 dvds do SNL, ja que a gente eh pobre e ele nao tem idade pra comprar cerveja. Ai eu passo na liquor store, compro stellinhas, buffalo wings e pronto: um fim de semana completo.

segunda-feira

triste e bizarro.
aproveitei o almoco pra ir no meu outro trabalho pegar meu horario. meu chefe tinha ficado de me ligar ontem pra combinar tudo e nao ligou. ele tava meio doente, mas nada demais. ai cheguei hoje e ele tava com os olhos vermelhos, fungando. perguntei se ele tava bem, pensando na saude, e ele "NO.". nisso ele desembesta a chorar.
bom, a namorada dele tinha morrido naquela noite e ele ainda nao sabia como, porque estava desde as 6 no cafe.
isso acabou com meu dia.

sexta-feira

hoje nao esta tao frio, o que eh bom - afinal nao esta tao frio. mas por um lado eh frustrante conseguir ver a calcada. e eh meu primeiro day off em uma semana, entao fora desse computador agora!

segunda-feira

agora sao dois empregos. logo cedo, no ink! coffee, e depois na lush. estou gostando mais do primeiro, eh mais facil lidar com as pessoas e os chefes sao pocos de ironia. no outro eu me sinto meio mal de fazer a cheerleader, mas, mesmo assim, tem pessoas otimas trabalhando comigo. exceLLente. (cata essa, marcuix!)
ainda nao tive tempo de ter saudades de ninguem, o que por um lado eh bom. eh tanta coisa nova que nem da, tambem. chego em casa e vou pra cama as 9, mesmo a maioria dos roomies tendo pique pra sair. hoje eu vou ver se consigo, ah vou.

fashionistas: calca skinny e camiseta branca molinha, um visual kate moss, por apenas 18 dolares. morram.

ta, eu disse que ia sair, entao vou pra casa tomar minha sopa e ficar linda pros mexicanos. to falando, entra no mc d's na hora do almoco pra ver. sai casada com un JESUS da vida.

sexta-feira

- as aeromocas da american airlines sao aeromonstras.

- consegui um emprego por e-mail e outro com o cara olhando uma vez pra minha cara. so linda, gente.

- toda vez que saio de casa, lembro do cenario de "esqueceram de mim". parece filme isso aqui.

- ficar num hotel de estrada e assistir 8 Mile de noite eh uma bela tentativa de adaptacao.

- chocolate quente vai ser o culpado pelas minhas child bearing hips.

- comprei uma echarpe de pele da marca "isadora's story". to ligando meu conversivel, pessoal!

ta, deu a hora.