terça-feira

minha irma arrumou um namorado, um australiano catolico e pedreiro que carrega ela pra cima e pra baixo e se deixar ate respira por ela. ai, domingo ele levou a gente pra fazer um programa familia. fomos no canil municipal andar com os caezinhos abandonados, numa trilha que levava ate um barranco com um rio embaixo e uma ferrovia na montanha do outro lado. tudo lindo. depois fomos almocar no zg com o leo e a bea, e fui pra casa ver um filme. mais tarde fui fazer academia, pegar uma sauna, dar uma nadadinha.
cheguei em casa e, bicho, cade o faustao?

quarta-feira

hoje e quarta-feira de cinzas. ai eu chego pra criente e falo:
- a senhora ta cuma mancha preta na testa.
ela sorri e nao faz nada. nisso entram mais dezoito senhoras do mesmo jeito.
gente, assim eu nao vou dar conta de avisar!

-x-

parece que quando eu era loira, eu tava de ferias. foi ficar brunette que voltaram os confrito.

-x-

estabeleci que pra ser meu, tem que ter camisa de flanela, passagem na policia e faltar um dente. so um. e uns erros de concordancia tambem, que eu acho bonitinho.
mentira, ne, pessoal?

segunda-feira

oi, eu tc do balcao, e vc?

os thai come-cachorro desligaram a conexao e quem tomou fomos nos do 513. entao so me resta postar do trabalho, onde agora eu exerco a funcao de lascada, ja que a gerente saiu. entao, paunucu, vou postar assim mesmo.
depois de todo o periodo xtina, que culminou num chororo no meio do karaoke, acho que agora eu posso postar coisas com mais calma e sem pensar tanto. tipo postar que os motoristas de onibus sao a raca mais mal-humorada daqui e eu tomei o maior virado de lingua de um por estar com o ipod na orelha e nao ouvir o que ele tinha a me dizer, que era "get out by the frontdoor". zzzz. e que eu to brincando de autismo com meu caderninho e fazendo colagens de deixar pollock normalzin. e que eu sonhei que te abracava e que sua camiseta tinha um cheiro tao bom, de casa, de conforto, embora voce nao tenha estado comigo o suficiente para ser uma fonte de conforto para mim.
essas coisas sem importancia e sem sentido.

quarta-feira

Denver é um sobretudo. É uma cidade daquelas de filme de gente que pensa demais no inverno. O foda é que a gente foi no espírito Paraguai, então tudo perdeu seu charme. O hotel era lindo, mas a gente dormiu em três numa cama. A cidade, chic, mas a gente foi conhecer os bares comerciais, as churrascarias brasileiras, os shoppings de subúrbio. O povo parecia o de Tampa, com mullets, bigodóns, buzardas. E mesmo assim foi ótimo.
Um big beijo para Analaura, que me apresentou o Aldo. Ah, Aldinho. Kazi, esqueci sua câmera em casa. Mãe, Silverthorne é melhor que Mart Center.

Eu quero voltar prá Denver, dessa vez no espírito sobretudo.

sexta-feira

ontem fui num karaokê onde cantei xtina e ring of fire. e dancei com todos os bêbados locais, ah, que bonito. aí hoje a gente acordou tudo de fogo, foi tomar brunch com carne seca e hash brown e foi pra glenwood, que é a cidade mais linda do mundo. eu preferia morar lá do que morar em aspen, nessa chatice cara. é sério, bicho! aí eu comprei meu moleskine-mini e um bling-bling Bee.
todo day off é assim, eu cato minha irmã e a gente vai rir em outra freguesia. e domingo, domingo é MANver. urrú!

quarta-feira

ontem eu fui numa festa que tocou "la rubia del avión". aposto que o jorge ia dar isso como tendência no blog dele.
vou pegar ali minha fita das 7 melhores da pan.
é, tabacuda
mais emancipada que maraia
mais reinventada que madonna
mais despida que xis-tina

porque a razão da minha insônia e dos ataques de fibromialgia são tudo culpa minha. minha, minha e minha. eu rasgo meu coração prá qualquer coisa que aparece e depois colho os louros do pisoteamento. faz tempo que é assim, posso lembrar com clareza das vezes que fui comedida. bah. MAS ENFIM. agora não é mais assim. leia na minha caneca.
ass: PACIENTE DO AA

segunda-feira

enfiando a bandeira no cu:
minha chefe não só me deu um bolo como também me deu uma ballistic, uma caneca de café linda, um cartão e um passe de 4 meses pro SESC aspen. nunca mais eu chamo ela de orelha-de-abano.

sábado

Dra. Vodca adverte:
"Menos MSN, mais esfoliação"

-

E ontem eu acordei com a gang Teryaki cantando, Bea Políbia gritando, mesa posta da Xuxa, cartão do alter-ego do Jererê e panquecas. Minha chefe ia me comprar um bolo, mas ela pediu demissão, e acho que dá na mesma. Meu almoço foi milk-shake e Thanksgiving e de noite a gente reuniu cada centavo prá comer peixe e tomar vinho, e depois fazer o contorcionismo de todo dia no Derelicte's. No fim da noite teve bolo de damasco, Rruaquiño e Camamessaybaño e parabéns.
E GRAÇAS À DRA VODCA, uma dignidade in-tac-ta. No copo, tap water e gelo.

sexta-feira

o lado bom

"- menina, tô com uma caganeira...
- que bom, vai emagrecer!"
- in A Cigarra e a Formiga, Lobato M.

você pode ter botado sua autestima abaixo da chuteira do brasil '78 - porque quis! -, e estar vivendo uma batalha da agressão passiva no trabalho e sua garganta estar uma hemorróida e mais e mais e mais. mas você lembra que quarta vai ser o grande dia, e aí, linda e loira, você desaparece nas escadarias do mc donald's com sua echarpe e seu charme, e você fica na frente do computador sorrindo que nem doze de outubro e ganha tulipas. vai prá glenwood porque não tem nada prá fazer e brinca de fotografar a irmã mijando e grita no mercado, vagisil em mãos, "ô craudia, é disso que cê precisa?".
amanhã eu abro a loja, e eu não tô daquele jeito que eu imaginei estar, mas, mas, tem jantar no willow creek com todo mundo que me aquece o coração.