domingo

eu conheci o piro e o piro é travesti. (x5)

no comeco da temporada, sempre ligavam em casa querendo falar com o piro (pete). "haro, piro!". na hora a gente apelidou todos nossos vizinhos tailandeses de piro, o comedor de cachorro. eis que ontem, voltando da ultima noite da bea em aspen, a gente viu uma mocinha de cachos loiros subindo a escada pro nosso bloco, e estranhou. no nosso bloco tem nos mesmos, um recifense, um casal australiano e os piros comedores de cachorro.
ai a mocinha virou, tapou a boca feito gueixa e comecou a rir. a amiga da mocinha me pegou pelos bracos e me arrastou pra tras rindo, tipo quando voce tem um acesso e precisa se segurar em alguma coisa. a loira se apresentou: haro, i'm piro. EMOSSAUM! piro foi o primeiro gay que eu conheci aqui em aspen, em plena atividade. peitinho de papel, bota de salto, peruca loira, snack de poodle na bolsa.
hoje vou sair pra bater um cabelo com o piro.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial