terça-feira

meu último dia em aspen não podia ter sido mais full of slacking e bizarro. começou com eu indo fazer as unhas no ritz, e ficando bêbada com os meninos num restaurante. aí jantamos um rack de costela cada um e, eu munida da minha inseparável flasquera, fomos para o chelsea. lá tava rolando a convenção dos felizes proprietários de trailer, reunião do ghetto fabulous club e tinha um anão fazendo sanduíche na pista. minha amiga quase engravidou de um clone do usher. nice 'n' slow. o mati, o menino do sabonete, veio me pedir desculpas por ser uma pessoa, assim, diferente. ele usava luvas com camiseta de manga curta. é, ele era diferente mesmo. aí o ápice da noite foi uma tentativa de estupro por parte do argentino imundo, que mandava eu beijar mas eu já tava beijando ele e aí que eu percebi que era prá beijar outra coisa e quase dei parte na polícia.
na volta a gente perseguiu o piro, e o piro é travesti.
fechei com chave de ouro.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial