sábado

nunca dá certo quando eu cismo. eu invento mentiras resultantes de uma lógica só minha, eu amargo por dentro frente a qualquer má notícia, eu desconto no que está mais próximo. aí ontem eu tinha um copo na mão, e fui enchendo e esvaziando, enchendo e esvaziando, até eu não lembrar mais por que estava cismada. hoje eu to jurando que nunca mais vou beber, e desabafando, e tentando entender por quê.
assim que eu arrumar o que fazer, isso tudo vai embora, ou não me chamo pilar batista!

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial